Home Escola Uma questão de perspetiva…

Uma questão de perspetiva…

57
0

Professores portugueses entre os que mais recebem em relação à riqueza do país

escher-stairsAcho fantástico estes estudos com consequente notícia na comunicação social que inferem que os professores ganham muito. Desta vez a comparação é feita com o PIB per capita. Um país que tem dos ordenados mínimos mais baixos da Europa, um país que foi espoliado nos últimos anos, um pais em que os funcionários públicos estão congelados quase há uma década, um pais em que os ricos são cada vez mais ricos e os pobres cada vez mais pobres, dizer que os professores têm um rendimento acima da média é perverso e só prova que certas notícias têm outros objetivos que não se restringem a prestar  informação. Mas quando se abre a notícia, está lá, numa frase curtinha a verdade que o título esconde.

As conclusões têm, no entanto, a limitação de serem feitas a partir dos dados dos vencimentos nominais e não dos valores reais.

Então afinal como é? Olham para o vencimento bruto e mais nada, sim senhor, mas que belo estudo este… O Zé, a Maria e o Joaquim, hoje, amanhã e depois, lá vão dizer que os professores além de terem muitas férias, ganham muito mais que os outros, num juízo tão típico e tão conveniente a quem manda de “se eu estou mal, os outros também têm que estar tão mal como eu…”

Mas já que estamos numa de notícias, eu lembro uma de 2004. Sim, já passou muito tempo, mas lembro-me que em 2004 estávamos bem melhor do que estamos agora e nessa altura a notícia não era de que os professores ganhavam muito, a notícia era outra…

Professores portugueses estão entre os mais mal pagos da OCDE

Perspetivas…

Imagem retirada de: http://cdn.papodehomem.com.br/

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here