Home Notícias Uma jurista para secretária de Estado da Educação. Fenprof teme alterações prejudiciais.

Uma jurista para secretária de Estado da Educação. Fenprof teme alterações prejudiciais.

593
1

Susana Amador teve uma passagem curta pelo Ministério da Educação, não ficará na memória num Ministério que parece estar cada vez mais centrado no secretário de Estado João Costa.

Surge agora Inês Ramires que exerceu funções de chefe de gabinete do ministro da Educação, Tiago Brandão Rodrigues.

A FENPROF já mostrou a sua preocupação e deixou uma suspeita no ar…


Mudança na Secretaria de Estado da Educação

Conhecida a remodelação no governo, perante a insistência de diversos órgãos de comunicação social para que se obtenha um comentário do Secretário-geral da FENPROF sobre a substituição de Susana Amador da secretaria de estado da Educação, Mário Nogueira afirmou que “provavelmente, por ser alguém proveniente do poder local e da Assembleia da República, espaços onde o diálogo, a negociação e o debate democrático de ideias são praticados, não se terá adaptado à prática vigente no ME: fechada, autocrática e avessa ao diálogo. Quanto à nova titular, que já conhecemos do gabinete do ministro onde era chefe de gabinete, o que mais se estranha é que para a secretaria de estado da Educação seja nomeada uma jurista. Quererá isso dizer que a prioridade do Ministério será alterar quadros legais? Quais? Em que sentido? Temo que mais uma vez os superiores interesses da Educação sejam relegados para plano secundário”.

O Departamento de Informação e Comunicação

Fonte: FENPROF


Inês Pacheco Ramires Ferreira nasceu em 1980 em Aveiro, reside em Lisboa e tem formação académica na área do Direito, licenciada pela Faculdade de Direito da Universidade Nova de Lisboa em 2005 e mestrado em Direito Público na mesma instituição em 2012.

No Governo anterior exerceu funções de chefe de gabinete do ministro da Educação, Tiago Brandão Rodrigues.

Antes desempenhou funções enquanto consultora na Sociedade de Advogados BAS, entre 2011 e 2015.

Tem ainda um percurso anterior de consultoria e assessoria em vários gabinetes ministeriais, tendo sido consultora do Centro Jurídico da Presidência do Conselho de Ministro, adjunta do Gabinete do Secretário de Estado da Presidência do Conselho de Ministros no XVII Governo Constitucional, adjunta e assessora do Gabinete do Secretário de Estado da Administração Pública do XVII e do XVIII Governos Constitucionais, e colaboradora, através de assessoria técnica, com o Gabinete do Secretário de Estado da Administração Pública do XIX Governo Constitucional, segundo uma nota biográfica divulgada pelo gabinete do primeiro-ministro.

Inês Ramires substitui no cargo Susana Amador, que era secretária de Estado da Educação desde o início do mandato do atual executivo, tendo sido anteriormente presidente da Câmara Municipal de Odivelas e deputada do PS, sendo uma das deputadas socialistas na comissão parlamentar de Educação e Ciência.

O portal da Presidência da República na Internet refere que o primeiro-ministro propôs hoje a substituição de cinco secretários de Estado do seu Governo ao Presidente da República, que aceitou essas mudanças que abrangem os ministérios da Educação, Saúde, Infraestruturas e Habitação, e Mar.

 Fonte: Sábado

1 COMMENT

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here