Home Boas Práticas Uma boa notícia que será ignorada porque não morre ninguém, nem é...

Uma boa notícia que será ignorada porque não morre ninguém, nem é chocante…

370
1

Tenho sido acusado de apenas publicar más notícias no ComRegras. Sinceramente não consigo compreender como se faz este tipo de afirmação quando estamos perante uma crise pandémica inédita nas nossas vidas e na antecâmara de uma gravíssima crise económica. Se anteriormente as más notícias tinham sempre primazia nas capas de jornais, hoje em dia são a norma. Os tempos não estão para grandes sorrisos, logo reflete-se no que é publicado, seja aqui ou noutro espaço. Por muito que procure é muito raro encontrar algo de bom, não me dá qualquer prazer em publicar más notícias, mas é o que há, é a atualidade, é a realidade…

A responsabilidade não é apenas de quem publica é também de quem lê. Infelizmente o que “vende” é o negativismo e o insólito, e só vende porque o apetite está direcionado para essa vertente.

Mas podemos mudar isso, lanço por isso um desafio aos seguidores do ComRegras. Enviem para o [email protected] algo de positivo, algo que queiram ver publicado e que sirva de inspiração a terceiros, algo que comece a mudar a cultura do negativismo, infelizmente tão enraizada na nossa sociedade. Há muito que criei um separador intitulado “Boas Práticas“, mas tem muito pouca coisa.

Para começar, partilho o que recebi recentemente. Será que alguém vai ler? Será que alguém vai comentar?

Quando o Agrupamento de escolas de Penedono teve de fechar por ter uma cozinheira infetada e as restantes em quarentena foi auxiliada pela Escola Profissional de Moimenta da Beira que disponibilizou a formação dos seus cursos de Cozinha/ Pastelaria e de Restaurante/Bar a decorrer na escola de Penedono,  permitindo assim que se mantivesse aberta. Foi uma ação solidária e de apoio  desinteressado ao próximo com toda a disponibilidade e empenho dos alunos e formadores durante as 2 semanas que durou a quarentena das funcionárias

1 COMMENT

  1. É nisto que me tenho debatido constantemente, é esta inter ajuda entre todos que temos que começar a praticar no nosso dia a dia. Não podemos ficar á espera que o governo resolva tudo. Temos que ser também a dar o nosso contributo, temos ser todos por um, e um por todos. De me serve andar de máscara se ao meu lado estão duas ou três pessoas sem ela. Temos que começar a pensar em nós e naqueles que nos rodeiam mesmo que não os conheçamos. Temos que deixar de olhar para o nosso umbigo e não ficar á espera de uma solução milagrosa. Infelizmente não tenho nenhuma história do gênero para contar mas fiquei feliz de saber desta, obrigada Sr Alexandre.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here