Home Editorial Ultimato ao Ministro da Educação | Apareça ou Saia!

Ultimato ao Ministro da Educação | Apareça ou Saia!

4305
4

É uma questão de feitio, já todos percebemos, o Ministro Tiago Brandão é uma pessoa que não gosta dos holofotes e verdade seja dita, também não recebeu o dom da retórica. Até aí tudo bem. O problema é que estamos no momento mais difícil do seu mandato, onde inclusive o Presidente da República já veio mostrar a sua preocupação. Milhares de alunos não sabem as suas notas, os pais ameaçam impugnar conselhos de turma de avaliação ilegais e Tiago Rodrigues, por onde anda?

Não deveria falar aos portugueses sobre o que se está a passar? Quando tanto se diz e escreve a seu respeito, com uma greve de proporções gigantescas, uma ILC que caminha para as 21 mil assinaturas, por onde anda Tiago Rodrigues?

Permita-me o conselho, que vale o que vale…

Pegue o “touro pelos cornos”, como se costuma dizer, compareça nas reuniões com os sindicatos e não envie secretários de Estado, negoceie com estes, negoceie com o Ministério das Finanças e se vir que não consegue resolver o caos deste final de ano, só lhe resta um caminho – sair!

Lembre-se que prometeu defender radicalmente os professores…

Para quem gosta de ultimatos como fez aos professores, compreenderá também a linguagem deste ultimato.

Apareça ou saia!

Alexandre Henriques

Mário Centeno é considerado o “melhor” ministro O ministro das Finanças, Mário Centeno, é considerado o “melhor” ministro do atual Governo , segundo os inquiridos do barómetro de junho da Aximage. Recebe 31,8% das preferências, sendo o segundo lugar ocupado pelo tutelar da Saúde, Adalberto Campos Fernandes, com 6,2%. O ministro da Educação, Tiago Brandão Rodrigues, é apontado por 22,3% dos inquiridos como o “pior” ministro deste Executivo.

Fonte: Correio da Manhã

4 COMMENTS

  1. … foi um ministro fraco que por aqui passou, sempre agarrado às “saias” do primeiro ministro, que não deixa obra mas a vaga impressão de ter andado este tempo todo a “fugir” aos professores!

  2. Ninguém se convence de que o dossier da educação não é um dossier menor. É tão complexo como o das Finanças e para o dominar com segurança é preciso alguém com amplos horizontes e estruturas sólidas. Este ministro é simpático e quer agradar aos professores, por isso, não percebe porque razão é tão incompreendido. Mas a verdade é que o dossier da educação arrasta-se desde o 25 de abril (antes mal existia) porque ninguém o leva a sério. Temos tido ministros “light” que só querem passar pela “frigideira” sem que ninguém dê por eles, e ministros “caterpiller” que arrastam tudo para o abismo à sua passagem.

  3. SIM, na Madeira os professores RECUPERARAM TODO O TEMPO DE SERVIÇO.
    É Verdade, assim, há cidadãos de primeira e de segunda em Portugal.
    Não quero ser português, mas sim, madeirense. Temos um Governo Regional
    democrático outro parece mais ser fascista.
    Há igualdade entre Professores?
    Os madeirenses no continente e os professores continentais a lecionar no continente
    têm um tratamento diferente aos madeirenses e aos continentais a lecionar na Madeira.
    Discriminação, ou Governos diferentes (‘) …

  4. Infelizmente temos também de cidadãos de terceira. Para além do tempo de serviço que não nos querem contar, temos ainda recolocações em escalões com critérios distintos na classe dos professores. O antes e depois de 2001 (penso não estar errada). Temos colegas, e bem, que vão ser colocados no devido escalão porque ingressaram na carreira docente após a revisão dos escalões. Já os mais antigos foram recolocados pelo índice onde nos encontrávamos, tendo já ai perdido tempo de serviço nas recolocações, e vamos agora, mesmo tendo mais tempo de serviço, ser passados à frente por estes colegas. Sinto vergonha de quem nos governa, de quem deixa passar estas injustiças e dos sindicatos que dizem que estão cá para protegerem os nossos interesses e deixam passar uma injustiça destas. Não sou uma cidadã de segunda mas sim de terceira.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here