Home Escola Preparem-se, vamos ter um final de ano letivo com mais reuniões…

Preparem-se, vamos ter um final de ano letivo com mais reuniões…

274
3

reunião de professoresAs escolas foram informadas em abril que têm de criar um plano para diminuir o insucesso escolar. A ideia será “atacar” alunos que revelem dificuldades nos primeiros anos de cada ciclo do ensino básico. Aliás, o discurso interno do atual Ministério de Educação está muito direcionado para o 1º ciclo, deixando este de ser o patinho feio da educação, apostando numa base sólida que permita ao aluno não perder o comboio do sucesso, mal este arranque da estação.

O princípio é excelente, e ainda por cima é dada a oportunidade da escola criar o seu próprio plano de redução de insucesso escolar. É óbvio que vamos ter mais trabalho, principalmente quem ficar responsável pela sua elaboração, mas concordo com o que se está a fazer. Por isso caros colegas, além dos exames, reuniões de avaliação e relatórios da treta, preparem-se para um mês de junho envoltos em férteis discussões sobre como potenciar o sucesso na vossa escola. Aliás, prevejo que no próximo ano vamos estar perante mais uma reforma, nada a que já não estejamos habituados…

Ministério quer que as escolas o informem sobre planos para reduzir chumbos

Os agrupamentos de escolas vão ter de enviar ao Ministério da Educação, até Junho, os planos que contam desenvolver para promover o sucesso escolar e reduzir assim a percentagem de chumbos, que continua a estar entre as mais altas da Europa, revelou ao Expresso o secretário de Estado da Educação, João Costa.

As escolas foram informadas desta tarefa em Abril, pouco depois de o Governo ter aprovado o Programa Nacional de Promoção do Sucesso Escolar, assente no princípio de que as comunidades educativas são as que estão “melhor preparadas para encontrar soluções locais e conceber planos de acção estratégica com o objectivo de melhorar as práticas educativas e as aprendizagens dos alunos”.

Em 2013/14, o último ano com dados divulgados, as taxas de retenção no ensino básico era de 10% e no secundário de 18,5%. No início da década estavam respectivamente nos 12,7% e 39,4%. No Programa Nacional de Reformas, aprovado pelo Parlamento no final do mês passado, o Governo estabelece como objectivo reduzir o insucesso escolar no básico para metade, baixando a percentagem de chumbos para 5% até 2019.

O Programa Nacional de Promoção do Sucesso Escolar será financiado em grande parte por fundos comunitários, no âmbito do Fundo Europeu para Investimentos Estratégicos (FEIE), conhecido como Plano Juncker.

3 COMMENTS

  1. Querem estratégias? Aqui vão: 1- Acabar com as constantes e longas reuniões inutéis. 2- Acabar com os relatórios da treta… 3- Exigir a responsabilização dos Encarregados de Educação. 4- Diminuir drasticamente a burocracia. 5- Dar tempo aos professores para prepararem as aulas e materiais de trabalho/apoio com qualidade. 6- Não sobrecarregar os docentes com todo o tipo de tarefas inutéis, algumas absurdas e ridículas….! Vão ver como o insucesso vai diminuir e muito, pois enquanto tivermos professores EXAUSTOS, DESMOTIVADOS, ANGUSTIADOS e MALTRATADOS, não há milagres…

  2. Eu tenho a solução: mesmo que estejamos a contribuir para um futuro de imbecis apáticos, que nada sabem sobre as contas do supermercado nem fazer uma sinopse da visita de estudo ao museu local, considero relevante passarmos todos os alunos; não interessa a CE, porque a CIF será sempre exemplarmente alta!

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here