Home Escola Silêncio Porque Estou Nas Aulas – Júlio Isidro

Silêncio Porque Estou Nas Aulas – Júlio Isidro

1074
0

Cheguei a horas, ainda em pijama, porque não queria perder o primeiro dia do Estudo em Casa.

Direi mesmo, o Estúdio em Casa, para mim que sou deste ofício.

Que sala de aulas acolhedora, colorida, luminosa.

Que professores simpáticos, um pouco nervosos e ainda à procura dos alunos que se escondem por detrás das objectivas das câmaras.

Que belos intervalos entre os segmentos de apoio ao estudo, com memórias que certamente são novidades históricas para os jovens alunos.

Eu que nunca tive a pretensão de saber tudo, já fiquei a saber que Zacharias Jansen no século XVI desenvolveu o primeiro microscópio óptico que aumentava 30 vezes. Foi na aula de Ciências Naturais.

E na Hora da Leitura acompanhei o folhear do livro “Incrível” de Oliver Jeffers , de um menino que comia livros.

E tudo o mais que vou recordar, aprender, apreender, e reaprender com esta iniciativa Estudo em Casa, do Ministério da Educação em colaboração com a RTP e em especial com a minha RTP Memória e Inovação.

Enquanto nos hospitais, um exército de gente com coragem e sacrifício, vai combatendo o vírus, salvando vidas, tanto se vai fazendo para que o futuro seja garantido aos mais novos.

Conheço o esforço que é , tantas vezes, a construção de um programa de televisão.

Mas nestas circunstâncias de forçado distanciamento físico, de redução inevitável de “mão de obra”, de inexperiências pessoais, e de impacto com o desconhecido,o projecto Estudo em Casa” foi e está a ser uma epopeia.

As crianças do meu país vão ter um mundo diferente, e há homens e mulheres sem sono que o estão a ajudar a construir.

O Ministério da Educação, o Ministro e todos os seus colaboradores, os extraordinários professores e e assistentes de apoio, deram forma a um enorme sala de aula a que nenhum de nós pode faltar, ao menos como reconhecimento.

E os produtores, realizadores e técnicos de grafismos, som, luz, emissão e todos os que , sendo poucos, tanto fizeram para pôr as aulas em nossas casas.O serviço público de televisão a cumprir-se.

Alguns nomes de gente da minha ( perdoem-me a apropriação apenas sentimental) RTP Memória que imagino cheios de olheiras de felicidade: Gonçalo MadailGilda CarvalhoMaria FerreiraInês Santos, e todos os “meninos” da RTP Inovação que eu respeito e com quem aprendo no estúdio e em casa.

Julío Isidro

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here