Home Notícias Salesianos de Lisboa sob investigação por fuga do exame nacional de Português

Salesianos de Lisboa sob investigação por fuga do exame nacional de Português

1184
4

Aperta-se o cerco… A questão mais importante é saber se o exame nacional de Português de 12º ano será anulado ou não. Se for provada a fraude não vejo outra solução, pois será quase impossível descobrir o tamanho da “contaminação”.

CDS exige saber já: exame de português vai ser anulado ou não?

(Expresso)

Quanto à professora, corre o sério risco de ser expulsa da administração pública.

Os Salesianos de Lisboa estão a ser investigados pela Inspeção–Geral de Educação pela suspeita de fuga de informação sobre o exame nacional de Português do 12.o ano.

O colégio terá recebido a visita de uma equipa de inspetores por suspeitarem que a estudante que terá gravado a mensagem com a informação áudio será aluna daquela escola privada, avança o “Expresso”.

O Ministério Público e a Inspeção-Geral da Educação estão, desde a semana passada, a investigar a origem e a data da mensagem áudio de forma a apurar se houve fuga de informação antes da realização da prova. Caso fique comprovada a fuga antes do exame, está em causa a violação de segredo por parte da professora, que ficará em risco de ser expulsa da administração pública e pode enfrentar uma pena até três anos de prisão, de acordo com a lei.

De acordo com a denúncia divulgada pelo “Expresso”, a mensagem circulou entre os alunos dias antes da realização do exame.

Também o “Expresso” falou ontem com alunos dos Salesianos que garantiram que terão recebido a mensagem “através do WhatsApp pelo menos dois dias antes da prova”.

Uma semana depois da realização do exame por mais de 74 mil alunos, o Ministério da Educação continua em silêncio sobre o assunto. E o IAVE remete qualquer decisão para esta semana, depois de averiguada a data e a origem da mensagem. Por enquanto, diz apenas que “nesta fase, o processo está a entrar em fase de averiguação e estará em segredo de justiça, nada mais havendo por ora a declarar”.

Há, pelo menos, 20 anos que nenhum exame nacional é anulado. Caso a prova seja anulada todos os alunos terão de repetir o exame.

A alegada fuga está a ser investigada desde a passada terça-feira depois de ter chegado ao seu conhecimento a gravação áudio de uma aluna que relatava todos os tópicos que iriam sair no exame. E os tópicos coincidiram com o que acabou por sair no exame. De acordo com a gravação da aluna, que não se identifica, o conteúdo do exame terá chegado aos alunos através de uma explicadora que é também presidente de um sindicato.

Salesianos de Lisboa investigados por fuga do exame nacional de Português

(SOL)

4 COMMENTS

  1. Apenas uma questão: porque tem de pagar o justo pelo pecador, como sempre acontece neste país?
    Porque se anulará um exame nacional, repito, nacional, porque numa escola houve fuga de informação? Que culpa têm os restantes cidadãos nacionais que realizaram o exame de forma honesta e após um trabalho de três anos de estudo e dedicação? Será absolutamente desastroso se os nossos jovens continuarem a ser sujeitos ao posso, quero e mando de um ministério que, sabe-se lá porquê, impõe os exames mas não sabe em que mãos os entrega antes da sua passagem aos alunos. Não se corte uma árvore porque nela se descobre uma fruta podre … será mais justo e eficaz eliminar apenas a fruta podre.

    • Diga-me, se conseguir:
      como consegue identificar quais os alunos, espalhados por todo o pais, que tiveram acesso ao conteúdo do exame antes de ele ter tido lugar?

      • E como consegue identificar aqueles que não tiveram? A investigação vai concluir que isto ficou restrito a um conjunto de alunos reduzido. E pagam todos? Amanhã, se se descobrir que no seu emprego alguém desviou dinheiro, vai estar disponível para ser despedido(a) junto com todos os outros ou vai querer que restrinjam aos culpados e conhecedores da situação? Isto, às vezes, basta colocarmo-nos no lugar dos outros. A minha filha fez exame e não sabia de nada!

  2. E aqueles que não tiveram culpa, devem pagar? Está disposto(a) a pagar pelo desaparecimento de dinheiro do seu local de trabalho se não souber de nada ou se a responsabilidade não for sua? A esmagadora maioria deste país não soube desta informação e vai descobrir-se que isto está restrito a uma grupo de alunos que devem, esses sim, pagar pela descoberta e pelo usufruto. E professora fora!

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here