Home Notícias Rui Rio Diz Que Contagem Dos 9 anos Não É Descalabro

Rui Rio Diz Que Contagem Dos 9 anos Não É Descalabro

786
2

Pois… mas quando foi para escrever preto no branco, o que ficou foi uma intenção, que a recuperação do tempo de serviço depende do rumo económico, rumo esse que se afigura bastante negro nos próprios anos. Quando se deve alguma coisa a alguém é para pagar e ponto final!

Rui Rio fala bem, diz a verdade quando se refere à “fantochada” da ameaça de demissão do Primeiro-Ministro, mas isso não chega, é preciso mais para conquistar os votos dos professores.

Fica a notícia e dois vídeos sobre o assunto.


Rui Rio defendeu esta terça-feira que “começa a ficar mais claro, sobretudo após a greve dos motoristas, o teatro” montado por António Costa na questão dos professores, com a ameaça de demissão do Governo se fosse aprovada a devolução integral do tempo de serviço congelado, com contagem dos nove anos. Diz que “não iria haver nenhum caos”, nem deixaria “pôr em causa o equilíbrio financeiro do que quer que fosse”, deixando aberta a porta àquele cenário.

Na TVI, no programa “Tenho uma pergunta para si”, o líder social-democrata criticou o “dramatismo” e considerou infundadas as afirmações do primeiro-ministro de que o Orçamento iria cair, quando respondia a questões de Mário Nogueira, secretário-geral da Fenprof. Para Rio, “a questão dos professores é difícil, mas não é o descalabro”.

Contra Bloco Central

Além disso, o líder do PSD criticou o facto de um professor no topo da carreira “ganhar menos do que o filho que entrou como juiz estagiário”.

Na entrevista, Rio insistiu que “não faz sentido” um Governo de Bloco Central, no caso de ninguém ter maioria absoluta porque seria “o mais contranatura”.

Admitiu ainda rever “em baixa” as medidas como a redução de impostos, que teriam de “descer um pouco menos” se, fruto da conjuntura internacional, o crescimento não fosse o previsto. Do mesmo modo, o investimento não cresceria tanto.

Já na Saúde, diz não renunciar às parcerias público-privadas “se gerirem o hospital de forma mais económica e eficaz”. E “a contribuição dos privados é fundamental”.

Questionado sobre as condições para se manter no cargo em caso de derrota, repetiu que só fará essa avaliação depois de 6 de outubro. “Chego a 7, 8, 9 ou 10 de outubro e logo vejo o que faço, tanto me faz estar como não estar, só estou se me sentir útil ao país”.

Fonte: JN


 

Rui Rio: “Governo montou teatro em torno da questão dos professores”

 

Rui Rio: “Estratégia [do governo] com os motoristas e professores foi a mesma”

2 COMMENTS

  1. Estou estupefacto, com este Senhor. Há dois meses o PSD afirmava que as reivindicações dos professores iriam trazer gravíssimos problemas às contas do Estado e chumbou na Assembleia a pretensão dos docentes. Agora com a maior desfaçatez, com carácter eleitoralista, afirma que afinal não é bem assim, tudo é possível. Nesta entrevista, pelo menos há uma coisa honesta. Reconhece. Implicitamente que o aumento dos Juízes, é a manter-se a situação dos docentes, fere o princípio de igualdade relativamente às restantes carreiras especiais e isto é chocante. O que levou já oa que o Sr. Presidente da República a chamar à atenção desse facto, pois segundo o mesmo, os professores portugueses são dos melhores do mundo. O grave é saber que na anterior legislatura o Sr Rio, já sabia que um jovenzinho estagiário na Magistratura ganha mais do que um professor com 30 ou mais anos de serviço., no topo do seu percurso profissional. É triste, muito triste, para não dizer pior, assistir a tudo isto. Perante estas palhaçadas, . quero sublinhar, neste momento, verticalidade, a honestidade e a coerência na defesa e na cruzada intransigente, levada a cabo pelo Professor Santana Castilho nesta luta contra a indignidade de alguns políticos nesta questão, e na defesa justíssima, sem medos, dos docentes deste País. Muito grato Professor Castilho. Já agora, os professores que se aposentaram ou que se vão aposentar por tempo de serviço completo, não deveriam no momento da sua aposentaçao ter todo o tempo de serviço congelado para efeitos da sua aposentaçao? Parece que ninguém aborda este assunto, mas trata-se de um direito adquirido, pois estão ou estiveram ao serviço quando a actual legislação foi promulgada e são apenas cerca de 800 docentes, Espero que se faça justiça, nesta matéria. Eduardo Martins

  2. Atenção que para o PSD a dádiva dos 9 anos tem contrapartida de revisão do ECD.
    Revisão do ECD= mais escalões com barreiras

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here