Home Escola Rejeitado Subsídio De Desloca(liza)ção A Professores E Alunos Sem Professores Obrigados A...

Rejeitado Subsídio De Desloca(liza)ção A Professores E Alunos Sem Professores Obrigados A Horário Extra

711
1

O vídeo postado em cima é paradigmático do sentimento que nutro pela classe política e Ministério da Educação. Falam, falam, falam, e não os vejo a fazer nada!

PS e PSD votaram contra uma proposta dos Verdes que pretendia subsidiar os professores “desterrados” e/ou obrigados a deslocações. Chegará o dia em que o dinheiro irá chover para que professores, ou candidatos a professores, desloquem-se para certas zonas do país, tal como acontece com os Médicos.

Já não é nova a hipocrisia entre o que se diz e o que se faz no Parlamento, mas fica o registo para memória futura.

*vídeo com a cortesia do blog VozProf

Entretanto ficámos a saber que os alunos que sofrem da falta de professores terão uma carga horária acrescida para que a sua avaliação não fique posta em causa, pois a lei obriga a dois períodos com classificações obrigatórias durante o mesmo ano letivo, condição obrigatória para a transição de ano. Algo contraditório à política de ciclo vigente e correspondente flexibilidade curricular, onde até algumas escolas já terminaram com os três períodos, optando agora por dois semestres…

Agora pergunto… Se já é permitido atribuir horas extraordinárias aos professores para compensar a falta de outros e mesmo assim não são suficientes, e se não há incentivos para professores de outras “paragens”, quem é que afinal vai dar as aulas?


 

Alunos sem professores obrigados a horário extra para ter avaliação

Cinco meses passados desde o arranque do ano letivo, ainda há turmas sem professores. As queixas vão chegando, semana após semana, ao Portal da Queixa, relatando meses sem soluções para esta falha, quer por parte da escola quer por parte do Ministério da Educação (ME). Sem aulas, as escolas debatem-se com respostas para avaliar os seus alunos, principalmente aqueles que se encontram em anos de exames nacionais. A solução passa por pedir horas extraordinárias a docentes que se mostrem disponíveis para lecionarem turmas com disciplinas em falta e esticar o horário diário dos alunos, dizem diretores. Em casos extremos, por passagens administrativas.

(…)

Fonte: DN

1 COMMENT

  1. …esses políticosinhos se andassem com a casa às costas, como eu há 26 anos anda, de cima para baixo de Portuga,l a educar os filhos dos outros feito cigano (como os compreendo!) – a única diferença está na roulote! – saberiam o que é bom, o que custa enterrar dois familiares, no entretanto, e continuar sempre de cara alegre! deus tenha dó das suas almas !

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here