Home Escola Regime jurídico da Educação Inclusiva

Regime jurídico da Educação Inclusiva

1469
1

Decreto-Lei n.º 54/2018

Loader Loading...
EAD Logo Taking too long?
Reload Reload document
| Open Open in new tab

Download [208.38 KB]

Mas pelos vistos nem tudo está pronto para a entrada em vigor do documento que irá regular a Educação Inclusiva.

As Equipas Multidisciplinares de Apoio à Educação Inclusiva e o Manual de Apoio à Prática Inclusiva – Decreto-Lei n.º 54/2018, de 6 de julho

(DeAr Lindo)

1 COMMENT

  1. De acordo com o Público de hoje (https://www.publico.pt/2018/07/10/sociedade/noticia/escolas-vao-ter-que-fazer-em-setembro-tarefas-que-deviam-estar-a-fazer-agora-1837434 ):

    O Ministério da Educação lembra que as mudanças previstas na Lei da Educação Inclusiva (…) são “progressivas” e não têm que estar todas no terreno quando arrancar o novo ano lectivo.

    Mais: já houve formação de formadores e haverá acções de formação “para todas as escolas”, para que possa haver “uma apropriação progressiva” das novas regras e abordagens.

    As escolas “já conheciam o diploma e estavam a trabalhar sobre ele”, confirma o presidente da Associação Nacional dos Directores de Agrupamentos de Escolas Públicas, Filinto Lima.

    Enfim… isto também não deve ser para levar muito a sério… já que as medidas são “progressivas” (não confundir com “progressistas”…) e não têm que estar todas no terreno quando arrancar o novo ano lectivo.

    Ou seja, ”, para que possa haver “uma apropriação progressiva” (novamente não confundir com “progressista”…), parece que está tudo no bom caminho… (talvez no caminho do abismo…).

    Pois… e como as escolas “já conheciam o diploma e estavam a trabalhar sobre ele”, até parece que já todo o mundo sabe (sabia) do que se falava e o que se estava a passar…

    No “MasterChef” não se cozinharia melhor…

    Sobre o DL 54/2018 fica uma reflexão de Thomas Jefferson, 3º Presidente dos Estados Unidos e um dos autores da Declaração de Independência Americana:

    “Não há nada mais desigual do que tratar de igual modo pessoas diferentes.”
    (Thomas Jefferson)

    Enfim…

    Victor

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here