Home Escola Reações…

Reações…

71
0

 

 

Eduardo Sá “parte a loiça toda” sobre exames e afins, numa notícia que vale a pena ler e que deixo aqui algumas frases.

As escolas estão a tornar-se “desonestas” e “batoteiras”, acusa psicólogo

“Uma escola que acha que tem de avaliar, embrulhando os testes e os exames num clima de alarme, é uma escola que diz às crianças que o importante é ter bons resultados e não aprender (…) E uma escola assim é desonesta”

Para o psicólogo e psicanalista, temos nas escolas de hoje “turmas de primeira e de segunda, disciplinas de primeira e de segunda, alunos de primeira e alunos de segunda”. “São formas estranhas com que temos convivido e que já mereceram aval ministerial. Mas uma escola assim transforma-se numa escola amiga do apartheid e uma escola assim avalia, mas não educa”, criticou.

“os exames não magoam as crianças, o que as magoa é a forma como os pais e as escolas acabam por usar” esta avaliação.

Já Filinto Lima critica fortemente a bipolarização da educação no seu artigo…

Versão política de “amor com amor se paga”

Trata-se nitidamente de um acontecimento bipolar: ora a direita está “na mó de cima” e aplicam-se certo tipo de medidas, ora a esquerda conquista o poder e aplicam-se outras, destruindo em ambos os casos aquilo que os antecessores deixaram, independentemente de ser bom ou mau, pois raramente são julgadas. Podem as escolas ser joguetes das forças partidárias?

As medidas educativas, sobretudo as mudanças estruturais, necessitam perdurar no tempo, pelo menos 8/9 anos, e não de ser alteradas tendo em conta o ciclo político, ou seja, de 4 em 4 anos. Não será possível tentar o entendimento dos nossos partidos políticos em relação à área que todos dizem ser a mais importante? Não será possível promover um debate nacional, amplamente participado, para discussão séria sobre a Educação?

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here