Home Notícias Rastreio A Professores E Funcionários Detetou Caso Positivo Em Vila Real

Rastreio A Professores E Funcionários Detetou Caso Positivo Em Vila Real

1551
0

O que acaba de acontecer é preocupante. Como sabemos o Ministério da Educação não quis fazer um rastreio a nível nacional dos professores e funcionários. Por sua vez, algumas Autarquias tiveram o senso necessário e tomaram a iniciativa de o fazer. Bem dito, bem feito… Em Vila Real foi detetado um caso, evitando-se assim um possível contágio de dezenas de pessoas, que por sua vez poderiam contagiar centenas de pessoas.

A questão é óbvia, quantos casos assintomáticos não irão amanhã para as escolas sem que a comunidade o saiba?

A recente sondagem do jornal Expresso e os dados do inquérito do ComRegras em parceria com o S.TO.P, mostram que a esmagadora maioria dos portugueses não concorda com a abertura das escolas nesta fase. Muitos apontam o dedo ao Governo de estar a forçar a imunidade de grupo, utilizando a comunidade educativa como cobaias.

Inquérito ComRegras e S.TO.P com 6170 inquiridos
Inquérito ComRegras e S.TO.P com 6170 inquiridos

O mesmo se passou nos jogadores de futebol, todos foram testados e vários casos foram detetados que nunca seriam detetados se não tivessem realizado os testes.

Amanhã milhares de pessoas vão voltar às escolas, com regras e limites definidos, mas nesses milhares, haverá seguramente casos positivos de covid-19 que julgam estar bem de saúde. Todo o cuidado é pouco e esperemos que amanhã não seja o início de um novo confinamento que podia perfeitamente ser evitado.

Fica a notícia.


A autarquia transmontana decidiu testar todo o pessoal docente e não docente antes de serem retomadas as aulas presenciais para os alunos do 11.º e 12.º anos, das escolas secundárias Camilo Castelo Branco e São Pedro e no Agrupamento de Escolas Morgado Mateus.

O rastreio abrangeu 163 professores e funcionários e, segundo o município, “um deles teve resultado positivo”.

“A pessoa em questão já está informada deste resultado. Revela-se assim acertada a iniciativa de testar o pessoal docente e não docente, antes do reinício das aulas presenciais, pois evitou-se um eventual foco de propagação da doença”, afirmou a autarquia.

Apesar de “não ter sido considerada prioritária” a testagem destes profissionais ao nível nacional, o município de Vila Real decidiu avançar nas escolas do concelho, tendo sido “uma das poucas autarquias do país em que isso aconteceu”.

objetivo da medida foi “garantir alguma confiança neste regresso parcial às aulas presenciais”.

A iniciativa foi implementada em articulação com o Agrupamento de Centros de Saúde (ACES) Douro I – Marão e Douro Norte.

Segundo o ACES, o concelho de Vila Real esteve 10 dias sem casos positivos. Com o caso positivo revelado hoje aumentou para 151 o número de pessoas infetadas com o novo coronavírus neste município.

Portugal contabiliza 1.203 mortos associados à covid-19 em 28.810 casos confirmados de infeção, segundo o último boletim diário da Direção-Geral da Saúde (DGS) sobre a pandemia.

O país entrou no dia 03 de maio em situação de calamidade devido à pandemia, depois de três períodos consecutivos em estado de emergência desde 19 de março.

O Governo aprovou na sexta-feira novas medidas que entram em vigor na segunda-feira, entre as quais a retoma das visitas aos utentes dos lares de idosos, a reabertura das creches, aulas presenciais para os 11.º e 12.º anos e a reabertura de algumas lojas de rua, cafés, restaurantes, museus, monumentos e palácios.

Fonte: Noticias ao minuto

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here