Home Escola Todos querem mandar na educação.

Todos querem mandar na educação.

163
1

Quando digo todos, é mesmo  todos… Se há área onde a diferença de opiniões e lutas sistemáticas são uma constante é na educação. São os professores, os pais, os diretores, os sindicatos, a tutela, as instituições, etc, tudo dá a sua opinião e são apresentados um sem número de estudos e referências para que a escola vá ao encontro das suas opiniões.

A sensação que eu tenho nestes últimos 15 anos de docência, é que estou num mar onde sistematicamente ondas passam por cima de mim, todas vindas de correntes diferentes.

Vejam no que se fala que terá de ser abordado nas escolas para o próximo ano:

Referencial da Educação para a Segurança, a Defesa e a Paz

Referencial da Educação para a Saúde

Educação rodoviária

Educação financeira

Educação para os media

Formação Cívica

Hoje no jornal Público, Filinto Lima, presidente da ANDAEP reage e com razão:

“Há uns anos a esta parte que estas escolas estão a ser invadidas por diversas ‘educações’ .Tudo se imputa às escolas, quando algumas destas actividades poderiam ser desenvolvidas por outras entidades”, refere, acrescentando que existe também um problema de “formação de professores para abarcar tantas áreas” como aquelas que são propostas.

É uma crítica pertinente ao sistema e à falta de organização, onde colocam os professores como “fornecedores” das vontades de diferentes entidades. Os professores servem para dar aulas, é para isso que foram formados e convém lembrar que os programas são extensos, os alunos são cada vez mais difíceis e é preciso tempo para estes assimilarem e consolidarem conteúdos.

Deixem os professores e os alunos serem apenas professores e alunos. A escola não é um laboratório para as vossas experiências!

Já dizia o outro… Deixem-nos trabalhar! Deixem-nos trabalhar!

Há referênciais para quase tudo, “as escolas estão a ser invadidas por diversas ‘educações’”

(Clara Viana – Público)

1 COMMENT

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here