Home Notícias PSP fez 600 acções de sensiblização ao bullying e cyberbullying nas escolas

PSP fez 600 acções de sensiblização ao bullying e cyberbullying nas escolas

49
0

A Polícia de Segurança Pública (PSP) realizou entre os dias 19 e 30 de Outubro 600 acções de sensibilização no âmbito do programa Escola Segura – Bullying Cyberbullying, envolvendo 14.319 alunos de estabelecimentos de ensino de todo o país.

Em comunicado, a PSP adianta que a acção envolveu 396 polícias que realizaram 600 acções de sensibilização, envolvendo 14.319 alunos e 97 professores e assistentes operacionais de 349 estabelecimentos de ensino, realizando ainda 582 contactos individuais de prevenção criminal.

Entre 19 e 30 de Outubro, a PSP desenvolveu uma operação na sua área de responsabilidade em Portugal continental e nas Regiões Autónomas da Madeira e dos Açores, dedicada à prevenção e detecção de situações de bullying e cyberbullying, através da realização de acções de sensibilização direccionadas para a comunidade escolar do 1º, 2º e 3º ciclos do ensino básico e do ensino secundário.

Estas acções visaram sensibilizar alunos, pais, professores e assistentes operacionais para este tipo de violência, bem como consciencializar e capacitar este público para detectar sinais de alerta e apoiar e encaminhar vítimas e agressores.

A PSP esteve também presente em duas aulas televisivas do projecto #estudoemcasa (transmitidas em 19 de Outubro) e, no dia 20 de Outubro, marcou presença divulgando o tema e conselhos de segurança em noticiários dos canais televisivos, rádios e redes sociais oficiais da polícia.

“Estas acções complementam o esforço de sensibilização da PSP para a prevenção do bullying e do cyberbullying nos sete anos lectivos anteriores onde foram realizadas 18.657 acções de sensibilização grupais de prevenção do bullying e cyberbullying que contaram com 426.644 alunos, professores, assistentes operacionais e pais sensibilizados”, refere a PSP.

Na nota, a PSP diz ainda que vai estar “disponível ao longo de todo o ano lectivo para continuar a realizar acções de sensibilização sobre esta temática, adaptadas às especificidades da situação actual de combate à pandemia da doença covid-19, podendo para o efeito ser contactadas localmente as Equipas do Programa Escola Segura ou ser solicitado o seu agendamento através do email [email protected]”, é ainda referido.

Fonte: Público

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here