Home Escola Psiu… Nuno Crato, esta é para si, mas eu prometo que não...

Psiu… Nuno Crato, esta é para si, mas eu prometo que não conto nada a ninguém…

295
7

Surpreso1Pois é… Afinal há quem tenha estabelecido um paralelo entre a prática desportiva e o sucesso educativo, neste caso na disciplina de Matemática.

Não consigo, mas não consigo mesmo deixar de ironizar com o que se passa por cá e dizer ao Sr. Doutor Nuno Crato, que talvez o segredo para melhorar o rendimento a Matemática tivesse sido aumentar a carga letiva, não da dita, mas sim da sua parente pobre que tanto desprezou e denegriu, a Educação Física.

Como dizia o outro, “E esta hein…”

Fica o link e o excerto respetivo.

Is more physical education at school linked to higher student math scores?

The amount of time students spend doing physical activity in school appears to be linked to higher standardized math scores in D.C. schools, according to a new American University study that examined the success of the city’sHealthy Schools Act and found that schools offering more physical activity had significantly better math success.

Since the Healthy Schools Act was passed, the District’s schools have beenrequired to incrementally increase the amount of physical education offered to elementary and middle school students each year. In the 2014-2015 school year, elementary school students should have received an average of at least 150 minutes per week, while middle school students should have received an average of at least 225 minutes.

P.S – Por cá, no 1º ciclo, a Educação Física em tempos letivos anda pelos 0 minutos semanais e no ensino básico são 135 minutos por semana…

I rest my case…

 

7 COMMENTS

  1. No meu agrupamento o 4º ano tem coadjuvação em Educação Física de professores dos ciclos seguintes. Admito que dos restantes professores, apenas alguns inclui na área de expressões EF. Esperam que AEC cumpra a lacuna.

    • O problema é que não deviam ser as AECs a resolver a lacuna. As expressões, nomeadamente a educação física constam do programa do 1º ciclo e simplesmente não é lecionada. Podem existir algumas “flores”, mas a verdade é que existe um deserto no que diz respeito à prática da atividade física em regime letivo. Um Abraço

  2. …esse senhor já foi excomungado pelos pecados que cometeu contra a Área de Expressões. Pretender que todos os nossos alunos sejam “betinhos” da matemática não é possível! muitos deles irão ser homens e mulheres que já hoje estão a assegurar reforma dourada desse senhor doutor!

  3. As crianças deixaram de brincar livremente, já não sabem correr, saltar, cair, atirar uma pedra. Já não fazem-de-conta, o trabalho infantil é-lhes imposto a partir dos 3 meses de idade e, a partir dos 5, fazem trabalho com cargas. Dormem pouco, passam o dia fora, do infantário para a escola, para a natação, a música, o inglês…quando há dinheiro em casa. A actividade física, na Escola do 1º Ciclo, todos os dias, compensaria tanta azáfama sem liberdade e garantiria um bom acompanhamento na mais importante fase de desenvolvimento psicomotor da criança. Sem a aquisição das competências próprias da Educação Física, haverá sempre perturbação do apuramento de outras competências. Temos novo governo: vamos ter Educação Física obrigatória nos 3 ciclos de escolaridade???

    • O vento sopra para uma valorização da Educação Física (expressões), vamos ver se concretizam.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here