Home Notícias Provas de aferição puseram as escolas a reflectir, mas ainda há limitações

Provas de aferição puseram as escolas a reflectir, mas ainda há limitações

1514
0

Resultados do ano passado revelaram grandes dificuldades dos alunos devido a programas inadequados que se mantêm, alertam as associações de professores de Português e Matemática. Neste ano lectivo as provas são obrigatórias para todos os alunos do 2.º, 5.º e 8.º ano.

Os resultados das provas de aferição trazem informação pormenorizada sobre o desempenho dos alunos individualmente e das escolas. “Da forma como foram apresentados foram um magnífico instrumento de trabalho para a preparação do ano lectivo porque permitiram identificar os pontos fortes e fracos. Só por isso vale a pena a realização das provas de aferição”, comenta o presidente da Associação Nacional de Dirigentes Escolares, Manuel Pereira.

Também o presidente da Associação de Directores de Agrupamentos e Escolas Públicas, Filinto Lima, frisa que “a grande mais-valia das provas de aferição é que estas permitem que os professores reflictam sobre as dificuldades mostradas pelos alunos com o objectivo de adoptarem estratégicas que visem ultrapassá-las”. “Foi o que as escolas fizeram”, garante. Quanto aos efeitos dessa reflexão, lembra que em educação não há resultados imediatos, mas mostra-se convicto de que dentro de algum tempo os alunos e as escolas mostrarão melhores desempenhos.

(Público – Clara Viana)

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here