Início Notícias Provas de Aferição em formato eletrónico

Provas de Aferição em formato eletrónico

335
2

Daqui a não muitos anos, testes, exames e esta novidade das provas de aferição serão feitas predominantemente em formato digital. Até digo mais, as aulas terão um teor cada vez mais tecnológico e a escrita em papel será apenas uma memória.

Hoje em dia a sociedade já só usa o papel e caneta para rabiscos não oficiais, será uma questão de tempo até que aconteça o mesmo na escola.

Não interpretem das minhas palavras que apoio esta visão do futuro, apesar de ser um defensor tecnológico, não sei se será benéfico uma mudança tão radical. A escrita manual tem evidentes vantagens, algo que já não concordo quando o assunto é a escrita cursiva. Esta até já foi abolida em 2011 em alguns estados dos Estados Unidos e bem que podia desaparecer por cá que não iria chorar por ela…

Quanto às provas… se eu próprio já tento fazer testes em formato digital, naturalmente que não me oponho.

Governo quer que provas de aferição sejam feitas online

(São José Almeida)

É lançado hoje o Simplex +2017. São 173 medidas para facilitar a gestão do Estado e a relação dos cidadãos com ele. Passará a haver impostos pagos com cartão de crédito, matrículas na hora online, harmonização das autarquias, registo de fornecedores do Estado e um centro de atendimento consular.

Pais concordam com provas de aferição online no 8.º ano

(Expresso)

O jornal i adianta ainda, citando o Ministério da Presidência, que “o arranque das provas online vai ‘possibilitar a aceleração dos tempos de classificação’ e também conseguir ‘o aumento da qualidade e da fiabilidade da classificação das respostas aos itens de resposta aberta, já que a classificação online permite monitorizar, em tempo real, o trabalho dos professores, bem como utilizar técnicas de dupla classificação”.

O Governo afirma, segundo o i, que “além da poupança em papel, esta mudança vai facilitar as correções e o armazenamento (deixa de ser preciso arranjar espaço físico para guardar as provas) “.

Professores satisfeitos com provas online, mas lembram falta de equipamentos

(LUSA via Público)

A desvantagem neste momento vai para a falta de equipamentos nas escolas. Se a medida for mais tarde alargada, então terá de haver verbas para equipar as escolas e não só na altura da prova. Isto para que todos os alunos aprendam e estejam à vontade com as novas tecnologias”, disse.

COMPARTILHE

2 COMENTÁRIOS

  1. … e porque não abolir completamenta a escrita? Afinal ela é ”bué de velha” e tá tudo no google…
    Também há aqueles tipos bué de chatos, lá da Grécia, os tais de filósofos, que são ”bué de datados”! A escola está muito out…

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here