Home Notícias O principio do fim da SuperNanny | Guia para fugir à SuperNanny

O principio do fim da SuperNanny | Guia para fugir à SuperNanny

518
0

Lamento que a decisão da SIC em suspender o seu terceiro episódio seja imposta pelas condicionantes do Ministério Público, obrigando que as caras das crianças sejam desfocadas bem como as vozes dos intervenientes.

Lamento que a SIC não tenha sido perspicaz o suficiente para perceber que o efeito Big Brother em crianças e jovens, não é uma boa aposta e que não pode valer tudo na luta pelas audiências.

Lamento que a SIC tenha mantido uma posição de força quando tantas instituições e população em geral mostraram o seu desagradado.

Lamento que a SIC tenha defendido o indefensável e que o lixo televisivo tenha chegado ao seu horário nobre.

Que hoje seja efetivamente o principio do fim desta SuperNanny e que não passe de um mero erro de casting

Recomendo à SIC a criação de um programa sobre estratégias e mediação de conflitos, focando situações em abstrato, sem a exposição de menores de idade. Convocando diferentes intervenientes, como pais, professores, psicólogos, pediatras, etc… Se querem mesmo ajudar, façam-no mas mudem de perspetiva e sem amuos…

E para todos os pais que precisam de ajuda, o Observador fez um artigo que apresenta as soluções disponíveis no Público. Já o jornal Público há uns dias apresentou um artigo, descrevendo um pouco do trabalho realizado no setor Privado.

O próprio ComRegras também tem há 3 anos um SOS disponível para a comunidade educativa, fornecendo um apoio gratuito (numa primeira abordagem) dos serviços da Oficina de Psicologia, nossos parceiros de longa data.

Há sempre uma solução… receber dinheiro para vender a alma da família é que não é seguramente a melhor…

Não há ajuda para famílias com problemas? Guia para “fugir” à SuperNanny

(Ana Cristina Marques – Observador)

O miúdo porta-se mal? Não chame a supernanny

(Bárbara Wong – Público)

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here