Home Escola Pessoal Ausente… Dor Presente….

Pessoal Ausente… Dor Presente….

130
0

ProteçãoNo fim de semana surgiu a notícia de que no ano letivo 2014/2015 foram comunicados 100 mil acidentes em recinto escolar. É muito acidente… Mesmo tendo em conta que estamos a falar de gente com a bateria nos 200 %, é muito acidente.

Tal como a indisciplina, enquanto existirem crianças os acidentes vão existir. Mas não é por isso que agora devemos seguir em frente ignorando os dados que foram publicados. Criar condições de segurança é uma prioridade e se nas aulas de Educação Física deve vir a segurança e só depois o resto, nos intervalos também é preciso aplicar a máxima “prevenir é o melhor remédio”.

Duas áreas a ter em atenção:

Infraestruturas – muitas escolas apresentam sinais de degradação que são potenciadoras de acidentes: os buracos, os degraus e os obstáculos que se plantam no meio dos recreios, tudo isso deve ser (re)pensado. Por vezes aquilo que o Arquiteto sonha torna-se numa dor física para os alunos e uma dor de alma para os pais. É preciso pensar de forma simples e prática e não se deixarem levar por projetos “artísticos” que ficam lindos em powerpoint mas ao nível da viabilidade ficam muito a desejar. Não me esqueço de uma escola que a zona de lazer dos alunos era toda em branco, sofás, mesas, cadeiras, tudo em branco. Mas que bela tela para pintar…

Pessoal não docente – são o primeiro seguro de uma escola… são estes que evitam males maiores com a sua vigilância continua em recreios escolares. Muito se tem falado sobre a falta de assistentes operacionais e apesar dos novos rácios, fica claro que é preciso vincular mais pessoal, pessoal devidamente formado para deixar de vez o centro de emprego como o principal fornecedor de assistentes (in)operacionais. De que adianta gastar milhares de euros em seguro escolar se depois descuramos na vigilância?

Fica a posição da FNE

Secretário-geral da FNE reclama revisão do rácio de não docentes

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here