Home Notícias Pelos Vistos Em 2020 “Ganhar” Significa Substituir…

Pelos Vistos Em 2020 “Ganhar” Significa Substituir…

517
1

Ganhar significa acrescentar algo ao que já existe, pois bem, a Escola não ganhou nada e no interior da notícia o próprio jornal Público assume que o que se trata é de uma substituição.

Entre novembro e dezembro foram colocados nas escolas mais 1741 professores a contrato para substituírem docentes do quadro que se encontram ausentes, sobretudo devido a baixas médicas.

Se o argumento é este, então nos próximos anos o Público irá afirmar que a escola “ganhou” milhares de professores, pois o ritmo de saída destes será como todos sabemos bastante elevado.

E depois ainda dizem que há 140 professores sem alunos. Se somarem o número de horas ao abrigo do artigo de 79º (redução da componente letiva por idade), diretores, subdiretores, coordenadores de estabelecimento, adjuntos da direção, diretores de turma, etc, onde todos têm redução da carga letiva, tenho a certeza que não serão apenas 140. Mas estas contas cegas são as que se costumam fazer por essa Europa fora quando dizem que Portugal tem um rácio de 1 professor para 13 alunos…

Sinceramente não se compreende a escolha editorial para a capa de hoje.


Foram colocados nas escolas mais 1741 professores a contrato, entre Novembro e Dezembro, para substituírem docentes do quadro que se encontram ausentes, sobretudo devido a baixas médicas, avança o “Público”.

As listas das últimas colocações de 2019, abrangendo 245 professores, foram divulgadas no dia 27 de Dezembro pela Direcção-Geral da Administração Escolar (DGAE), responsável pela gestão de recursos humanos.

Citando um balanço realizado pelo blogue “DeArlindo”, especializado em estatísticas da educação, o jornal dá conta que, desde o início do actual ano lectivo, chegaram às escolas quase 20 mil professores contratados. No mesmo período de 2018/2019, este número rondava os 18 mil. Este aumento, explica o “Público”, tem sido justificado também pela subida do número de professores em situação de baixa médica, que se tornou a face mais visível do facto de quase metade dos professores do ensino básico e secundário terem já 50 anos ou mais.

(…)

Fonte: Executive

1 COMMENT

  1. A MENTIRA instalou-se no discurso dos políticos… e sobretudo, na LINGUAGEM dos que dizem que a INFORMAÇÃO é FUNDAMENTAL ao Estado de Direito Democrático…!???
    A VERGONHA já não é só na ASSEMBLEIA da REPÚBLICA. O JORNALISMO É UMA VERGONHA.
    Sim… Os jornalistas que fazem estas MANCHETES de JORNAIS deveriam ter vergonha
    A VERDADEIRA NOTÍCIA seria:
    TÍTULO: CADA DIA QUE PASSA… ESCOLAS CONTAM CADA MENOS PROFESSORES!
    SUBTÍTULO: GOVERNANTES MENTEM E TENTAM ENGANAR PORTUGUESES.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here