Home Escola Parlamento Aprova Recuperação Integral Do Tempo De Serviço Dos Professores

Parlamento Aprova Recuperação Integral Do Tempo De Serviço Dos Professores

8171
2

(Atualização 23h08)

Este texto já foi mexido várias vezes e nada garante que esta seja a versão final… Segundo se consegue apurar, os 9 anos, 4 meses e 2 dias foram aprovados pelo Parlamento. Os 2 anos, 9 meses e 18 dias serão recuperados a 1 de janeiro de 2020, com retroativos a 1 de janeiro de 2019, dito pelo próprio Mário Nogueira no telejornal das 20 horas e a TVI também confirmou (ver em baixo).

Quanto ao restante tempo de serviço, fica para futuras negociações.

Estamos por isso perante uma solução q.b, caso se concretize o que escrevemos em cima.

Alberto Veronesi e Alexandre Henriques


Professores: o tempo de serviço integral foi aprovado, falta definir a forma como vai ser feito

(TVI)

Recuperação do tempo de serviço dos professores negociada com efeitos a partir de 2020

(Correio da Manhã)

Parlamento derrota Governo e consagra recuperação total do tempo congelado

(Público)

942 | Parlamento Chumba Crédito Para A Aposentação

(Observador via ComRegras)

2 COMMENTS

  1. Outra vez uma mão cheia de nada? então e os quase 3 anos que os docentes que subiram em 2019 já têm garantido? estes deviam ser assegurados para todos e penas os restantes 6 anos deveriam ser alvo de negociação futura (em ano de eleições, é um bom ano para se negociar) – é o mínimo que se espera que o BE e do PCP consigam – estes que dizem defenderem os professores. Se não assegurarem isto é porque se estão mesmo a marimbar para uma quantidade imensa de professores que estão de olhos postos neles.

    • Quem está a marimbar para os professores é o PSD… Porque, o Bloco de Esquerda e o PCP não conseguem aprovar nada já que o PS está de acordo com o ASSALTO DEFINITIVO à CARREIRA dos PROFESSORES, fazendo-os perder mais de 6 anos e meio de Tempo de Serviço… O PS não concorda que se devolva o ROUBADO aos PROFESSORES. Assim, sem que o PSD se una ao BE e ao PCP os derrotados nas eleições de 2005 (socialistas9 conseguiriam impor o chumbo da medida proposta pelo BE ou PCP… O Partido Sectarista continuará a sua cruzada na perseguição aos professores, começada por José Sócrates, o tal que escolheu o senhor António Costa e a senhora (merecerá o título???) Maria de Lurdes Rodrigues para os seus ministérios!

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here