Home Notícias Palavra Do Ano | 1º Enfermeiro (37,8%) 2º Professor (33,4%)

Palavra Do Ano | 1º Enfermeiro (37,8%) 2º Professor (33,4%)

1200
2

Parabéns aos enfermeiros que considero uma das profissões mais importantes e injustamente desvalorizadas pela sociedade e classe política, que esta “vitória” vos seja útil e consigam os resultados que há tanto procuram.

Quanto aos professores, durante a cerimónia ficou a sensação que ambas as palavras mereciam o 1º lugar, falou-se mesmo em menção honrosa para a palavra professor, algo que nas edições anteriores nunca foi referido.

Estes resultados passam também uma mensagem clara, em ano de eleições, será de uma enorme imprudência os partidos políticos não terem em consideração estes números.

Enquanto professor, uma palavra de agradecimento a todos os “não professores” que decidiram ser solidários com a nossa e porque não, vossa causa.

Bem hajam!

Alexandre Henriques

(carregar na imagem para assistir à cerimónia)

2 COMMENTS

  1. Li algures na blogosfera docente que a palavra escolhida- enfermeiro – se devia à sua greve cirúrgica e criativa.

    Poderá ser que sim. Eu vou mais pelo facto de uma greve no sector da saúde ter um impacto que fica a anos luz de uma greve de professores. Cirurgias adiadas, consultas adiadas….e o pico da gripe ainda não chegou.

    A razão para tal escolha parece-me evidente: no 1º caso lida-se com a saúde, a vida e a morte; no 2º há transtorno , mas a consequência é totalmente diferente – os alunos ficam com os avós amigos, vão com os pais, ficam em casa, etc.

  2. Quando o Costa diz que nada passa pelo entendimento como o PSD está exatamente a dizer o contrário e está dizer ao BE e PCP que ao contrário de pensar continuar com os mesmos, como já o disse, também já disse que não conta com eles para a próxima legislatura… Não merece confiança, merecia sim levar com o BE em cima e com o peso tradicional da abstenção à votar desta vez e à esquerda do PS.
    Um estrondo, um cartão vermelho a todo este marasmo!

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here