Home Rubricas Pai, quando é que posso ter telemóvel?

Pai, quando é que posso ter telemóvel?

131
1

Filho, pergunta difícil! Se esse quando, ansiava uma data ou uma idade para o acontecimento, desculpa. Não tenho uma resposta tão matematicamente exata para ti. Mas tenho uma resposta emocionalmente equilibrada para partilhar contigo.

Preciso que me dês sinais de maturidade e de responsabilidade. Esses serão bons indicadores para perceber se estarás preparado para um uso adequado do telemóvel. Sabes como nós pais vamos analisando a maturidade? Fazemos algumas questões e procuramos as respostas. O meu filho segue regras acordadas entre nós? O meu filho cumpre horários? O meu filho respeita as orientações da escola? O meu filho é organizado e responsável pelos seus brinquedos e material escolar?

 

Para além disto, preciso refletir sobre outros aspetos. Que funcionalidade cumprirá um telemóvel na tua vida? Ajudará em questões de segurança, tornando-te mais “localizável”? Conseguirás tu fazer um uso do telemóvel como uma forma de comunicação adicional/alternativa, com os teus amigos, ou cairás num uso abusivo? Ajudará na nossa logística do dia-a-dia, por exemplo, para que quando te vou buscar e precisas que vá mais cedo, me possas avisar?

 

Bem filho, e quando esse quando chegar, há outras coisas importantes que temos de conversar. Vamos definir algumas regras para a utilização do telemóvel, por uma questão de segurança e responsabilidade. Vamos acordar quais as funcionalidade que poderás utilizar.

 

[Relativamente à receção de chamadas importa alertar a criança para que deve atender apenas chamadas cujo remetente seja conhecido, nomeadamente o pai ou a mãe.

Podendo utilizar as mensagens de texto, a criança deverá respeitar quem vai ler a mensagem e quem a rodeia, usando uma linguagem respeitadora e tendo inclusivamente consciência que conversas privadas podem ser tornadas públicas. Além disso, deverá enviar e responder a mensagens apenas para números identificados de pessoas que conhece.

Funcionalidades como uma câmara fotográfica ou acesso à internet deverão ser limitadas a crianças mais velhas, sendo importante o jovem ser responsável pelo controlo de custos, assim como pelo pedido de autorização para tirar e usar fotografias.

Questões referentes aos momentos de utilização do telemóvel (por exemplo, será pouco adequado estar a trocar sms durante o jantar em família, durante uma aula ou durante o horário de estudo diário), quanto aos tempos de utilização e ao orçamento para consumos, são fundamentais serem também previamente acordadas.]

 

E aqui, relativamente  a quando utilizar o telemóvel, um lembre-te para mim: sou um modelo para ti. Não te posso pedir que estejas à mesa do restaurante sem usar o telemóvel, quando eu não o largo.

 

Respondi à tua pergunta?

 

Inês Afonso Marques

Psicóloga Clínica

Coordenadora Equipa Infanto-Juvenil

Oficina de Psicologia

1 COMMENT

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here