Home Escola Página de demissão a Nuno Crato convertida em página de demissão a...

Página de demissão a Nuno Crato convertida em página de demissão a Tiago Rodrigues

123
4

Quando eu referi que admirava a capacidade de luta dos colegas das escolas com contrato de associação, mesmo discordando da sua argumentação, nunca pensei que se chegasse ao ponto do vale tudo, e não pode valer tudo colegas.

Existe uma página do Facebook criada quando Nuno Crato era Ministro a pedir a sua demissão, tive pena de não a conhecer… A dita tem mais de 25 mil seguidores, mas foi encerrada quando Nuno Crato foi embora, nada mais lógico.

fim da página

Porém, qual Fénix, qual quê, a página renasce e tem novo destinatário, Tiago Rodrigues. Fique a saber o Sr. Ministro que já tem 26 mil pessoas a gostarem de uma página que pede a sua demissão, mesmo que não saibam…

defesa da escola

Como eu digo aos miúdos, o que nos define são as nossas ações e não as nossas palavras, e esta vossa ação diz muito do vosso caráter…

 

4 COMMENTS

  1. É curioso ver pessoas a emitir opiniões sobre os mais variados assuntos sem se darem ao trabalho de os analisar minimamente.
    Vejam o conteúdo da página que referem e não apenas a foto de capa e talvez tenham uma surpresa.
    Tal como é lá feito em vários comentários, será pois realmente de questionar a honestidade de alguém, talvez não é a de que é sugerido (efetivamente “Estamos num tempo de vale tudo. Até arrancar olhos.”).

    • Começar um movimento é pelo principio, não é alugar uma sala cheia de pessoas que afinal queriam ver outro filme…

    • Areia nos olhos… O título da página mudou e o primeiro artigo agora é referente a: “D. Manuel Clemente: Pais de crianças do privado “também financiam as escolas estatais”.

      Não me lixem. Quando coloquei like nessa página não foi para ser usado como símbolo de um apoio a uma causa qualquer. Foi daquela e mais nenhuma. Querem fazer uma página para salvar o tacho, façam outra nova.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here