Home Escola Os cortes na educação e os 44 mandamentos da FNE

Os cortes na educação e os 44 mandamentos da FNE

85
1

Foi ontem publicado o relatório Education at a Glance 2015, onde mostra que Portugal foi o país da OCDE com o corte orçamental mais elevado entre 2010 e 2012, atingindo os 14,5%. Graças a estes cortes, Portugal aumentou o número de alunos por professor e atingiu a média europeia quanto à dimensão das turmas.

Assim, no ensino primário (que na metodologia da OCDE corresponde ao 1.º e 2.º ciclos de ensino em Portugal – 1.º ao 6.º ano) havia, em 2013, 13 alunos por professor, o que comparava com 15 alunos por professor na média da OCDE. Já no ensino secundário (que corresponde aos nossos 3.º ciclo e secundário) o rácio fixava-se nos nove alunos por professor, abaixo dos 13 alunos por professor na OCDE.

Em relação ao tamanho das turmas, que tantos agentes do setor criticam em Portugal, este documento permite perceber que Portugal está praticamente na média da OCDE e da União Europeia, com 21 alunos por turma no ensino primário (21 na OCDE e 20 na UE), e 22 por turma no ensino secundário (24 na média da OCDE e 21 na UE).

Curiosamente, ontem a FNE apresentou 44 medidas para melhorar não só a vida profissional dos professores, mas também o sistema educativo. Haveria muitas outras, mas é um principio.

É a primeira vez deste que sou professor que encaro as propostas sindicais com outros olhos. O novo quadro político abre expetativas nunca antes atingidas. Naturalmente que algumas das mesmas são demagógicas em virtude das contingências orçamentais que vão e precisam de continuar a existir. Porém, quem sabe se não estarão aqui algumas das novas medidas do novo MEC.

Loader Loading...
EAD Logo Taking too long?
Reload Reload document
| Open Open in new tab

Download [2.49 MB]

1 COMMENT

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here