Home Escola O problema da falta de ventilação – Agrupamento de Escolas Professor Carlos...

O problema da falta de ventilação – Agrupamento de Escolas Professor Carlos Teixeira

1651
3

Recebi um email com pedido de publicação que é elucidativo da necessidade imperiosa de ventilação. Se assim deveria ser no nosso quotidiano, em tempos de covid-19 deveria ser uma obrigatoriedade.

Fica a denúncia em modo de alerta.


Exma. Sr.ª Delegada de Saúde Pública de Fafe,
Nuno Miguel Ferreira Domingues, portador do CC XXXXXXXXX válido até XXXXXXX, na qualidade de Representante dos Encarregados de Educação do 1º Ciclo no Conselho Geral do Agrupamento de Escolas Professor Carlos Teixeira, vem muito respeitosamente, por este meio, comunicar a V. Exa. as seguintes situações:
  • A ventilação das salas é praticamente ausente;
  • Não existe ventilação cruzada;
  • Sendo a ventilação feita de forma natural e assegurada por duas frestas com uma área total inferior a 0,07m2, livres de obstáculos e no mesmo vão, para uma área a ventilar até 50m2;
  • Em cerca de 6 meses de aulas do ano letivo anterior há vários relatos de casos de alunos e professores que se sentiram mal alegadamente por má ventilação das salas:
  • Para este ano letivo, foram dispostas cerca de metade das cadeiras na perpendicular dos quadros da sala de aula, de frente para as janelas, o que levará a um maior risco potencial de LME provocadas por má postura (alguns desses lugares exigem uma rotação > 90º para observar os quadros);
  • Foram colocados acrílicos nas superfícies das mesas, que para além de ser mais uma superfície a higienizar, impede a correta higienização das mesas e distorce a visão dos alunos para os quadros.
Assim, sendo da opinião que as opções da escola e da dona da mesma não asseguram, respectivamente, as necessárias condições aos alunos no que à postura destes e à ventilação das salas diz respeito, solicito intervenção urgente de V. Exa.
Com os melhores cumprimentos,
Miguel Domingues.

3 COMMENTS

  1. Quem escreveu ou publicou. Não faz a mínima ideia do que fala… Desinformação nata, povo o dito cujo nem sabe escrever quanto mais afirmar que a escola tem falta de ventilação. Cada macaco no seu galho. Para afirmar tal barbaridade é preciso comprovar. Não é só alegar a falta de ventilação só porque.

  2. 99% das salas estão mal ventiladas e com excesso de gente … se dizes o crontrario é pq nao és professor

    alem de que no inverno sem uma ventilacao apropriada irás apanhar imenso frio

    qual a duvida que nas escolas so se preocupam com o gel nas mãos (transmissao residual)?

    qual a duvida que o maior perigo está nos aerossois no ar? Qual a duvida que as salas e cantinas das escolas estao mal ventildas?

  3. Muito respeitosamente agradeço a quem escreveu e/ou publicou a denúncia reportada.

    Infelizmente, as condições físicas das nossas escolas, entre outras instituições públicas, nem sempre cumprem com as normas que às entidades reguladoras compete avaliar e garantir. A sociedade deposita nelas a confiança de que zelam, com responsabilidade e rigor, pelo nosso bem mais precioso: a saúde.

    Sei, por experiência própria, que efetivamente os alunos apresentam queixas como cefaleias e náuseas durante as aulas, desde o ano letivo anterior.

    Espero que a situação reportada possa contribuir para despertar consciências e, acima de tudo, permitir que, com a máxima brevidade possível, sejam tomadas as devidas medidas por quem tem em mãos o dever de salvaguardar a saúde e bem estar dos alunos, dos docentes, dos assistentes operacionais e de todos os utentes da escola.

    Bem haja quem, de forma construtiva, assertiva e objetiva, alertou a Saúde Pública para esta situação.
    Pensar e agir em conformidade com o bem comum é um dever cívico de cada cidadão.
    Se cada um de nós assim pensasse e agisse não estaríamos certamente a viver a grave situação pandémica atual.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here