Início Escola O estranho caso de suposta alteração de notas no Agrupamento de Escolas...

O estranho caso de suposta alteração de notas no Agrupamento de Escolas Clara de Resende – Porto

605
4

A encarregada de educação Sara Azevedo apresentou uma queixa por a escola João de Deus, pertencente ao Agrupamento de Escolas Clara de Resende no Porto, ter afixado notas de avaliação diferentes dos registos de avaliação e que foram entregues em mão aos encarregados de educação. Esta situação ocorreu em vários alunos nos três períodos letivos e sempre à mesma disciplina… A queixa foi indeferida pela Direção Geral dos Estabelecimentos Escolares (DGEstE), pois esta aceitou o argumento da escola que o sucedido terá sido apenas um erro administrativo. Erro administrativo que a encarregada de educação estranha pois segundo a mesma e passo a citar:

todos os encarregados de educação assinaram a nota de bom em todos os períodos e depois esta foi alterada na pauta, para menos ou para mais.

Enquanto aguardava resposta da DGEstE, a Inspeção Geral de Educação e Ciência (IGEC) pronuncia-se, invocando que a DGEstE é a entidade superior e por isso não se vai meter no assunto.

A encarregada de educação volta novamente a insistir com a IGEC para que seja feita uma investigação, pois segundo a mesma, um erro administrativo não justifica o que aconteceu, ainda para mais quando lhe foi confidenciado que o verdadeiro motivo e passo a citar:

A professora no horário letivo da disciplina de expressões lecionava português ou matemática.

Afirmava que havia professores formados nessas áreas e por isso não tinha que lecionar essa disciplina.

Ficou acordado que daria bom a todos os alunos em todos os períodos.

Nessa altura eu não sabia que a professora me estava a manipular e a mentir. Só no fim do ano letivo é que me apercebi que as notas eram adulteradas na pauta, apesar dos pais assinarem bom à disciplina de expressões. Suponho que era para encobrir que a disciplina não era dada e a direção da escola não se aperceber, porque seria muito estranho todos os alunos terem a mesma nota à mesma disciplina durante todos os períodos.

Ontem recebo mais um email da encarregada de educação e que transcrevo com a sua autorização.

Estou indignada !!!

Arquivaram o processo, contudo não me desmentem quanto à manipulação das notas, nem sequer mencionam nada sobre isso.

Algo muito “estranho” se passou com esta investigação. A DGEstE não deu qualquer resposta à minha denúncia. A IGEC arquivou o processo com base em documentos que não podem comprovar a minha denúncia. Sou forçada a deduzir que a IGEC não tem interesse em apurar a verdade.

Questiono-me se será incompetência por parte destes serviços ou será algo mais !?

Quanto à Direção da Escola Clara de Resende continuo a afirmar que houve manipulação de notas. Acrescento que mentem, manipulam informação, utilizam a difamação como estratégia para encobrir os maus profissionais que são. A ética com que exercem a profissão, ou melhor , a falta dela, é vergonhosa !

No que diz respeito à DGESTE/ IGEC não têm interesse em apurar a verdade, pois se existem documentos que comprovam a manipulação de notas, e estes não fazem parte da investigação é porque não estão interessados em apurar a verdade.

Envio em anexo a resposta da IGEC e o meu email a contestar o arquivo do processo.

Oficio 1

Oficio 2

A encarregada de educação irá apresentar queixa ao Ministério da Educação.

COMPARTILHE

4 COMENTÁRIOS

  1. Infelizmente , neste nosso País, nada é estanho!

    Mas todos temos que dar um forte contributo, para tudo ser mais normal!

    E não andar sempre tudo, no borderline!!!!!

  2. É contínua tudo assim ,isto em 2019 , alunos contra média 2 ,todo o ano,passaram!!!!! Para manter o ranking. Acham justo para quem estudou o ano inteiro? Claro que não,aí a minha indignação

  3. A direção nada faz além disso a minha filha sofreu de bullyng é para a diretora de turma era tudo normal, desde pontapés insultos…. A DIRECAoTEm QUE SAIR E VIR UMA Com pULSO FIRME

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here