Home Escola Nuno Crato e a sua “mantinha” que é curta…

Nuno Crato e a sua “mantinha” que é curta…

98
2

pes

Nuno Crato respondeu hoje no Público a 3 questões sobre a melhoria dos resultados a Matemática e decréscimo a Ciências. As suas respostas foram politicamente corretas…

A evolução deve-se ao trabalho continuado de professores, escolas, pais e alunos – naturalmente!

mas os vícios de forma continuam e Nuno Crato continua a centrar o ensino no Português e na Matemática

É natural que as atenções se tenham centrado no Português e na Matemática – no fundo essas disciplinas são decisivas para a vida futura dos alunos e são estruturantes, porque são necessárias para todo o percurso escolar dos alunos – uma boa preparação nelas ajuda ao sucesso nas outras. Não devemos retirar importância ao Português e à Matemática. Devemos, isso sim, pensar seriamente no ensino das ciências no 1.º ciclo. Para que possamos também aí melhorar os nossos resultados.

Convém lembrar a disparidade de horas que estão a ser lecionadas na disciplina de Matemática (ver quadro em baixo) e Português, à custa de muitas outras que se tornaram os parentes pobres da educação. Mas quantidade não é sinónimo de qualidade, se assim fosse, a Coreia do Sul não teria atingido o 3º lugar com umas míseras 100 horas anuais comparativamente com as 275 horas utilizadas em Portugal, conforme diz Anabela Magalhães no seu blog e muito bem. E terá Nuno Crato consciência da brutalidade de horas que os alunos do 1º ciclo têm de cumprir? Ainda quer acrescentar mais? Ou aceita abdicar das suas disciplinas estruturantes???

Se imperasse a mentalidade de Nuno Crato, bastava carregar na carga letiva dos alunos e voilá os resultados apareciam. A “manta” não estica e se queremos ter os ombros bem quentinhos, seguramente que vamos apanhar frio nos pés, parece-me mais sensato uma via alternativa, a de trabalhar as diferentes variáveis que afetam o sucesso dos alunos e que são sobejamente conhecidas. Se assim o fizermos, talvez possamos ter um quarto mais quentinho e dispensar uma manta que tem como principal objetivo inclinar, discriminar o ensino em Portugal.

número de horas Pisa_Matemática

2 COMMENTS

  1. Não se pode aprender coisa nenhuma, académica, sem ter um domínio da Língua e da Matemática. Isto é tão evidente que torna despicienda qualquer discussão.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here