Home Escola Novo Ranking de Escolas a Caminho e Outras Notícias do Dia

Novo Ranking de Escolas a Caminho e Outras Notícias do Dia

237
1

rankingA notícia do novo ranking que já se encontra a caminho está no DN de hoje. O novo indicador, apresentado pelo secretário de Estado da Educação João Costa, chama-se “Percursos diretos de sucesso“, foi desenvolvido pela Direção-Geral de Estatística da Educação e Ciência (DGEEC) e procura ir mais além do polémico ranking anteriormente realizado pelo ME. Pretende comparar alunos comparáveis cruzando dados da avaliação interna e externa valorizando não os resultados obtidos, puros e duros de uma avaliação interna ou externa, mas a sua evolução.

Cito o secretário de Estado da Educação João Costa:

“Uma escola que recebe alunos de nível dez e os leva a 17 é uma escola muito melhor do que uma que recebe alunos de 15 e os leva a 17.”

Nem mais, senhor secretário de Estado da Educação! E, muito embora ainda sem mais conhecimento da operacionalização desta nova metodologia, arrisco-me a afirmar que o país vai acordar um dia destes com algumas surpresas absolutamente surpreendentes e inesperadas para os mais desinformados e desatentos ou mal intencionados nestas coisas de Escolas que ministram um ensino de qualidade.

Veremos. Veremos quais são as escolas que mais ajudam os alunos a progredir e a melhorar o seu desempenho.

Entretanto a Fenprof não baixa os braços e reunirá já na próxima sexta-feira com o ministro da Educação Tiago Brandão Rodrigues para discutir a necessidade da devolução da gestão democrática às escolas.

Sem dados para o que vou escrever, arrisco-me a afirmar que esta é uma das exigências mais consensuais entre os professores.

Mas a Fenprof leva igualmente outras preocupações agendadas tais como: o desgaste e envelhecimento do corpo docente; a instabilidade e a precariedade na profissão; os horários de trabalho onde se confundem actividade lectiva e não lectiva; a burocracia; o congelamento das carreiras…

Por último, uma notícia de Clara Viana, saída no Público e que nos deve preocupar a todos:

“Novo indicador do desempenho das escolas vem confirmar que o nível de insucesso no secundário é elevado, mesmo nas escolas públicas que mais se destacam nos rankings feitos com base nas notas dos exames.”

Novo “ranking” escolar combina aprovações e exames nacionais

(DN)

Fenprof reúne com ministro “para devolver gestão democrática às escolas”

(Notícias ao Minuto)

Nas escolas públicas de topo mais de metade dos alunos chumba pelo menos uma vez

(Público)

1 COMMENT

  1. Deve estar a escapar-me qualquer coisa muito básica.
    É que estive a explorar o InfoEscolas e não consegui produzir qualquer ranking. Apenas vejo cada escola de per si.
    Qual é o truque para elaborar o ranking?

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here