Home Escola Novo Ministro da Educação -Tiago Brandão Rodrigues

Novo Ministro da Educação -Tiago Brandão Rodrigues

337
1

Em primeira mão

Ministro da educação

 

Após quatro anos a estudar Bioquímica na Universidade de Coimbra, tive a oportunidade de embarcar num projecto Erasmus para realizar o estágio final de curso. Rumei, na altura, para um laboratório de Ressonância Magnética Biomédica em Madrid, uma opção que acabou por condicionar todo o meu percurso académico.  Depois dessa etapa, regressei brevemente a Portugal, onde comecei o doutoramento baseado no projecto iniciado na capital espanhola, focando- me particularmente no funcionamento do metabolismo cerebral. Embora tenha defendido a tese em Coimbra, 95% da investigação foi feita em Madrid, tendo estado, também, em Dallas, no Texas.  Para continuar o meu percurso profissional, a minha escolha recaiu sobre Cambridge. Esta escolha deveu-se principalmente à credibilidade que tem o laboratório e à ciência fascinante que por lá se desenvolve. Por outro lado, Cambridge alia perfeitamente a tradição e o legado científico e pedagógico com uma forma muito moderna e actual de fazer ciência. Para tal conto com um contrato da Comissão Europeia (Marie Curie) e um outro do Consórcio Europeu EMBO, o que me permite actualmente focar no desenvolvimento de metodologias de Imagem Biomédica para a detecção precoce de tumores. O objectivo é a criação de novas abordagens que permitam detectar, prematuramente, se os tumores estão a  responder positivamente a um determinado tratamento, com implicações na prática clínica na área da oncologia.

Leiam duas entrevistas ao I e jornal Público

Tiago Brandão Rodrigues. “É extremamente difícil lutar contra o populismo da coligação”

 

Tiago trocou um laboratório em Cambridge pela política

1 COMMENT

  1. Espero que a experiência em investigação do futuro ministro da educação lhe sirva para
    entrar nos meandros do ensino básico e secundário, desconhecidos da maior parte dos políticos e veja a realidade do nosso ensino..
    Espero, também, que não se limite a ditar regras sem conhecer o que se passa nas escolas.
    Espero, ainda, que retire a carga burocrática em que os professores estão afogados, que lhes ocupa o tempo para se dedicarem àquilo para que estão destinados – ensinar os alunos.
    Espero que mande investigar o trabalho ditatorial de alguns inspetores que vão às escolas só impor mais burocracia e destroem todo um trabalho já realizado.
    Finalmente, espero que trabalhe no sentido de DEIXAR QUE OS PROFESSORES SEJAM PROFESSORES.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here