Home Notícias Ministro Da Educação Elogia Esforço Das Escolas Mas “Fecha-se” Sobre O 3º...

Ministro Da Educação Elogia Esforço Das Escolas Mas “Fecha-se” Sobre O 3º Período E Exames

694
1

Tiago Brandão Rodrigues deu uma entrevista à RTP onde focou o que o Ministério da Educação tem feito e pretende fazer, mas não correu o risco de prometer ou mesmo prever qualquer tipo de cenário.

Não gosto de Tiago Brandão Rodrigues é um mau Ministro, um inexistente Ministro, mas concordo com a prudência evidenciada. Não faz sentido neste momento assumir de forma perentória qualquer tipo de adiamento de exames ou alteração ao calendário escolar. Falta 1 semana para acabarem as aulas do 2º período e depois temos 15 dias de interrupção.

Seguramente que na 1ª quinzena de abril haverá mais certezas sobre o impacto e duração da “quarentena”. Esse será o momento de exigir decisões concretas sobre o 3º período, avaliação e exames.

Fica a notícia e o link para a entrevista.


Ministro da Educação agradece a professores, famílias e pessoal não docente

O ministro da Educação recorda que só passaram cinco dias desde que foi feita a interrupção das atividades letivas e não letivas presenciais. Tiago Brandão Rodrigues deixa um agradecimento aos professores, pessoal não docente e famílias pela forma como está a enfrentar a situação.

Em relação ao facto de a interrupção do ano letivo se prolongar até junho, uma hipótese colocada em cima da mesa pelo primeiro-ministro, Tiago Brandão Rodrigues frisa que quem norteia as atividades humanas “são as autoridades de saúde”.”Não nos podemos esquecer que tido o que fazemos está norteado pelo conhecimento cientifico e pelo que vai acontecendo no dia a dia. Obviamente que o Ministério da Educação e cada uma das escolas tem-se feito cenários”, acrescentou o ministro da Educação em entrevista à RTP.Para o governante, “seria completamente irresponsável dar agira indicações relativamente o que aí vem”.

O ministro da Educação deixou um agradecimento aos professores, pais, alunos e pessoal não docente pelo “seu compromisso, sentido de missão e solidariedade como enfrentaram todo isto”.

“As escolas têm estado a trabalhar para se adaptarem às novas condições impostas por este surto”.

O ministro recorda que as escolas forneceram alimentação a todos os alunos carenciados.

Tiago Brandão Rodrigues sublinha que é muito importante terminar o segundo período e atribui as notas.

“O maior desafio das escolas é tentar não deixar ninguém para trás”.

Sobre o facto de existirem muitos professores e alunos sem acesso a um computador ou à internet em casa. O governante afirma que “nada é fácil nesta situação”.

“Não é fácil para quem está em isolamento social. Nada é fácil para quem tem de enfrentar uma pandemia generalizada de um vírus (…) mas todas as decisões têm de ser tomadas em função de factos objetivos”, frisou.

O ministro sublinha que “no mundo da Educação se procedeu a uma grande transformação num curto espaço de tempo”.

“E temos tentado dar as condições para que as nossas escolas (…) com os recursos possíveis se possam adaptar”.

Fonte: RTP

1 COMMENT

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Pssst!

Gostou do que leu?

Siga-nos no Facebook e acompanhe as novidades