Home Escola ME quer reduzir o número de alunos por turma, mas precisa de...

ME quer reduzir o número de alunos por turma, mas precisa de conhecer o seu impacto… pedagógico???

106
2

Foi o estudo desta casa que despoletou esta conversa da redução de alunos por turma. Lembrando alguns números…

DADOS GERAIS DO ANO LETIVO 2014-2015

Total de Participações Disciplinares – 9130

Universo de 38 Agrupamentos/Escolas (4,4% da totalidade dos Agrupamentos/Escolas nacionais)

Nº de Alunos com Participações Disciplinares – 4229

Universo de 34 Agrupamentos/Escolas (3,9% da totalidade dos Agrupamentos/Escolas nacionais)

Total de Medidas Corretivas – 4554

Universo de 37 Agrupamentos/Escolas (4,25% da totalidade dos Agrupamentos/Escolas nacionais)

Número de Alunos que Cumpriram Medidas Corretivas – 1597

Universo de 31 Agrupamentos/Escolas (3,5% da totalidade dos Agrupamentos/Escolas nacionais)

Total de Medidas Sancionatórias – 1333

Universo de 37 Agrupamentos/Escolas (4,25% da totalidade dos Agrupamentos/Escolas nacionais)

Número de Alunos que Cumpriram Medidas Sancionatórias (vulgo suspensão) – 847

Universo de 31 Agrupamentos/Escolas (3,5% da totalidade dos Agrupamentos/Escolas nacionais)

Segundo o Ministro…

O Ministério da Educação está a estudar a possibilidade de reduzir o número de alunos por turma, revelou esta sexta-feira o ministro Tiago Brandão Rodrigues. Falta “perceber a latitude de uma medida desta natureza não só financeira como pedagógica“, explicou.

Invocar questões financeiras é algo que até consigo compreender, agora incluir questões pedagógicas, é algo que não faz qualquer sentido. É de senso comum, que ter menos alunos por turma, permite um trabalho muito mais eficiente por parte do professor, pela simples razão que este terá de dividir a sua atenção por menos alunos. A nível disciplinar é de elementar compreensão que menos alunos criam menos problemas, pelo menos teoricamente. Logo, maior acompanhamento, menos problemas disciplinares, aumentam seguramente as probabilidades de sucesso.

Só que as questões disciplinares continuam a ser tema tabu lá para os lados da 5 de outubro. Apesar de já existirem estudos – e recentes – que mostram que os professores, os pais, os diretores e até os presidentes de conselhos gerais, têm na disciplina o, ou um dos maiores problemas escolares, este continua a não ser assumido publicamente. Reparem que a palavra disciplina nunca, mas nunca é referida… E o que não é assumido, dificilmente será resolvido.

Houve dinheiro para aumentar a carga letiva das disciplinas de matemática e português porque se reconheceu problemas nessas áreas, os problemas disciplinares são muito reais, e principalmente reais para quem quer ensinar/aprender e não consegue em virtude do barulho que persiste, dos papeis que voam, ou dos alunos que não permanecem sentados, entre muitas outras coisas… Mais do que uma questão financeira é uma questão de prioridades, de estabelecer prioridades, e a disciplina é uma questão prioritária, assumam-na de vez!

Os números não mentem e o gráfico que se segue é mais um exemplo do que está a acontecer. E lembro que basta um aluno para dar cabo de uma aula…

Perc Alunos P.D
Universo de 23 Agrupamentos/Escolas. Cerca de 30 mil alunos.

2 COMMENTS

  1. …uma turma tão reduzida iria agrupar, no limite, todos os alunos mal comportados (que todos fingem não conhecer) num lado e noutra turma, os excelentes (que já sabemos quem são)!

    • Não obrigatoriamente José. Reduzir turmas para um máximo de 20/22 alunos teria um impacto muito grande no ensino.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here