Início Notícias Marcelo Recebeu Chefe De Bombeiros Agredido, Entretanto Os “Melhores Professores Do Mundo”...

Marcelo Recebeu Chefe De Bombeiros Agredido, Entretanto Os “Melhores Professores Do Mundo” São Ignorados

654
2

Compreendo perfeitamente o Exmo. Sr. Presidente da República, o ritmo de agressões a professores é tão elevado que seria difícil arranjar tempo na sua agenda de selfies e afins…

Quando se fala em desvalorização da classe docente, é com estas “pequenas” coisas que se desvaloriza uma classe aos olhos da sociedade, mostrando realmente o que se pensa. Marcelo disse que em Portugal temos “os melhores professores do mundo”, tal como Tiago Rodrigues disse que iria “defender radicalmente os professores”. Ambos provaram aquilo que realmente são, oportunistas que em determinado momento quiseram colar-se aos professores para que as luzes da ribalta fossem mais intensas. Mas como estes chatos dos professores fazem muito barulho, nada melhor do que mantê-los à distância, mesmo que levem na cara.

Ter caráter, ou falta dele, não está de facto relacionado com o estatuto social ou hierarquia democrática…


Marcelo recebeu comandante dos bombeiros agredidos em Borba

O Presidente da República chamou a Belém o ministro da Administração Interna, o presidente da Câmara de Borba, o comandante da GNR de Évora e o comandante da associação de bombeiros voluntários agredidos no quartel no passado sábado. Marcelo Rebelo de Sousa quis saber de viva voz o que se passou em concreto no quartel dos Bombeiros Voluntários de Borba no passado sábado, incidentes que resultaram em dois feridos entre os membros da corporação. E desta forma não deixar insuflar discursos de ódio contra toda a comunidade cigana por causa de acções de alguns dos seus membros.

A nota que publicou no site da Presidência após a reunião deixa clara esta intenção: “O Presidente Marcelo Rebelo de Sousa ouviu exposições acerca dos acontecimentos de que resultaram dois bombeiros feridos, assim como da determinação de todos os presentes em assegurarem a salvaguarda do Estado de Direito Democrático, inclusivo e tolerante, penhor dos direitos, liberdades e garantias dos cidadãos. O Presidente da República registou, com apreço, a determinação expressa por responsáveis dos Bombeiros e de Forças de Segurança”.

COMPARTILHE

2 COMENTÁRIOS

  1. 😀 😀 😀 😀 embora considere que tem razão, a recepção por parte do Presidente da República também não resolve nada, ele bem pode pegar num paninho para polir a imagem dos ciganos, no entanto, cá para mim a única coisa que pode limpar a imagem que a sociedade tem dos ciganos é começarem a tratá-los como os demais cidadãos e não como coitadinhos e excepções. Ainda hoje estou por perceber porque é que os energúmenos que aterrorizaram quem trabalhava na Academia de Alcochete ficaram presos e a quem vai aterrorizar uma corporação de bombeiros ou os professores e funcionários de uma escola não acontece nada. Bem sei que o dinheiro faz falta, mas a dignidade e a verticalidade com que se exerce uma profissão também e como exemplos de dignidade e verticalidade não considero aqueles imbecis que participaram no programa Prós e Contras, mas aqueles que não aceitam o status quo, só porque essa é a moda e o politicamente correcto e, nesse sentido, melhor os sindicatos se centrassem na desconsideração a que os professores têm sido votados ao longo dos anos, do que andarem a reclamar 9A 4M e 2D.

  2. O ego do Presidente fá-lo pensar que faz parte daquele refinado grupo de professores que nunca seria agredido, porque espalha afetos a cada movimento que faz, concorrendo ao lugar de professor mais solicitado para padrinho de casamento dos seus alunos. Está sempre do lado delicodoce dos alunos, logo estes nunca lhe falhariam (engana-se, a coerência não é um princípio válido no universo distópico pós-MLR). É um Presidente light, nunca abraça as causas difíceis, nem aproxima o olhar do abismo para não abalar o seu edifício de certezas e arriscar os likes das suas selfies (dos eleitores, pois tem mais que fazer do que atender a redes sociais). Do abismo só quer que lhe devolva o seu próprio eco. Não pode correr o risco de perder o ranking de Presidente mais consensual e querido de Portugal. Tal como Costa, prefere perder os professores a perder os portugueses.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here