Home Família Mais uma… Crianças e adolescentes queimam-se com sal e gelo

Mais uma… Crianças e adolescentes queimam-se com sal e gelo

361
0

É mais um jogo. Pelos vistos tornou-se moda a automutilação com carimbo exibicionista. É a baleia azul, é beber água a ferver, é comer canela e agora isto.

Nunca ouviram falar no monopólio? No risco? No uno? Ou simplesmente jogar às cartas ou às escondidas…???

O problema é que alertar pais e professores para este tipo de “brincadeira” pode ter um efeito perverso, semelhante ao fruto proibido. Cabe-nos a nós estar atentos e atuar consoante a informação que possuímos.

Chegou dos Estados Unidos e está a espalhar-se por Espanha. O novo e perigoso jogo da moda entre crianças e adolescentes consiste em queimar a pele com uma combinação de sal e gelo. A Guarda Civil espanhola já alertou pais e sociedade em geral para os perigos daquilo a que chama “desafio viral”.

O dermatologista Pablo de la Cueva disse ao El Español que “a pele pode sofrer danos de diferentes graus, desde pequenas irritações que a deixam vermelha e inflamada até feridas estruturais e necrose”.

“Uma prática completamente desaconselhada”, alerta o médico. A combinação de sal e gelo aplica na pele temperaturas que podem chegar aos 20 graus negativos. O frio é tão intenso que pode acabar por rebentar as células. Além disso, o gelo atua como anestésico: muitas das vezes, os jovens só se dão conta das consequências depois de retirarem a combinação da pele.

Um rapaz de 12 anos morreu depois de ter estado 20 minutos com sal e gelo nas costas (imagem Observador)

Fonte: Observador

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here