Home Rubricas Livro da Semana – A Casa dos Espíritos

Livro da Semana – A Casa dos Espíritos

349
0

Sem título

Sinopse: “Nesta obra de estreia, Isabel Allende constrói um universo repleto de espíritos, de personagens multifacetadas e humanas, entre elas Esteban Trueba, o patriarca, que vive obcecado pela terra e pela paixão absoluta pela esposa, que ele sente sempre para lá do seu alcance. Clara é a matriarca esquiva e misteriosa, dotada de poderes sobrenaturais, que prediz as tragédias da família e estabelece o destino da casa e dos Trueba. Blanca, a sua filha suave e rebelde, nutre um amor pelo filho do capataz do seu pai, o que provoca o desprezo de Esteban, mesmo quando deste amor nasce a neta que ele adora: Alba, uma beleza luminosa e uma mulher ardente e voluntariosa. As paixões da família Trueba, as suas lutas e segredos desenvolvem-se ao longo de três gerações e de um século de violentas mudanças. Num contexto de revolução e contrarrevolução, a autora dá vida a uma família unida por laços de amor e ódio mais complexos e duradouros que as lealdades políticas que a poderiam separar.”

Opinião: Passei anos a ouvir falar neste livro até que finalmente decidi aventurar-me naquela que viria a ser uma das melhores leituras da minha vida!

A conceituada Isabel Allende estreou-se há algumas décadas com este livro que me arrebatou por completo desde as primeiras páginas. Foram horas mergulhada neste universo repleto de personagens ricas, com vidas fascinantes e cenários cativantes. Não posso deixar de sentir uma certa frustração pois sei que todas as palavras que possa usar serão parcas para descrever a mescla de sentimentos que me assolaram durante e após a leitura de “A Casa dos Espíritos”.

Sendo escrito no famoso realismo mágico, senti que as personagens deste livro poderiam muito bem ser reais, os seus problemas, angústias e alegrias são por demais semelhantes àqueles que nós mesmos sentimos. Apesar de ser narrada sob a perspectiva de um homem, esta história é uma verdadeira homenagem às mulheres: àquilo que elas representam, à sua coragem, força, determinação e amor absolutos por tudo aquilo a que se propõem concretizar. Ao longo de três gerações, acompanhamos três mulheres que ganham vida através das palavras de Allende e como que saem das páginas desta maravilhosa obra para nos guiarem até a um mundo real, com umas pinceladas de magia.

Apesar de muito diferentes, consegui sentir uma ligação com todas as personagens. Aqui, não há heróis nem vilões. Há sim pessoas com virtudes e defeitos que, tal como nós, buscam a felicidade, mesmo que o caminho que percorram para a alcançarem possa não ser o mais fácil ou correcto.

Terminei o livro a chorar… de alegria! Acompanhar 3 gerações numa mesma família permite-nos olhar no espelho e vermo-nos a nós mesmos independentemente das semelhanças ou diferenças relativamente às aventuras vividas pelas personagens deste livro. Afinal, há algo de comum a todo o ser humano: todos nós vivemos em busca da felicidade, nem que para isso tenhamos que ultrapassar difíceis obstáculos que, inevitavelmente, se atravessarão no nosso caminho.

Esta é uma obra épica, que ao invés de ser escrita por letras é escrita através de sentimentos!

Inspirado no post original: http://flamesmr.blogspot.pt/2015/05/livro-casa-dos-espiritos.html

Por Mariana Oliveira

 

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here