Home Escola Lembram-se disto? “Professores têm cumprido o desígnio de não deixar ninguém para...

Lembram-se disto? “Professores têm cumprido o desígnio de não deixar ninguém para trás”

656
0
Há 7 meses, a propaganda era esta. Os professores e os pais arranjaram os computadores e a net. E fez-se o “milagre de Tancos” da Covid19.
Hoje, o Governo sabe que não tem maneira de esconder que não se preparou para nova situação destas. Nem computadores nem dinheiro para pagar aos pais.
Então inventou um mantra de marketing:
1. O ensino à distância é uma porcaria.
2. O ensino à distância gera desigualdades.
3. O ensino à distância traumatiza os alunos.
Tanta lágrima de crocodilo pelo sucesso escolar, de políticos que nos deram cascatas de facilitismo flexível.
Depois, junta-lhe a teoria, não demonstrada, de que as escolas são seguras (mas não mostra os números) e a treta de um iletrado matemático de que o agravamento se deu nas férias (quem inventou este chavão marketeiro não sabe ler gráficos cartesianos simples e perceber o que é um crescimento exponencial, analisando comparacões com outros países).
1 mês à distância do 7o ao 12o ano, compensado depois de alguma forma, ia ser o fim do mundo?
Um especialista disse há uns dias que as escolas abertas valem uns 20% do problema dos contágios. A ordem dos médicos foi clara hoje: é para fechar.
Os alemães, holandeses, franceses ou italianos e outros europeus não sabem nada disto?
Teimosias… E pura luta pela sobrevivência política.
Luís Sottomaior Braga

“Professores têm cumprido o desígnio de não deixar ninguém para trás”

“Temos recebido muito bom feedback destes dois primeiros blocos, muito bom retorno, e muitas famílias a acompanhar”, garantiu, sublinhado que este formato vem dar mas “possibilidades aqueles alunos que não têm meios telemáticos e acaba por complementar o trabalho que os professores têm feito com os alunos”

Mas não foi só à Telescola que o governante teceu largos elogios. Brandão Rodrigues salientou que os professores e as comunidades escolares deram respostas rápidas e efetivas, perante a pandemia da Covid-19 e a necessidade de encerrar as escolas como medida de contenção.

“Tem sido uma resposta muito boa e muito robusta por parte dos professores, das comunidades educativas e também com esta interação positiva por parte das famílias (…). As nossas escolas têm feito um trabalho notável, os professores têm estado a interagir com os seus alunos e sabemos que a cada dia que passa tudo vai correndo melhor. Os professores têm cumprido este desígnio de não deixar ninguém para trás”, frisou.

Recorde-se que mais de 850 mil alunos do ensino básico contam a partir desta segunda-feira, e durante o terceiro período, com aulas de apoio através da televisão, e vão aprender com professores à distância devido à pandemia do novo coronavírus.

20/04/20

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here