Início Rubricas Legislação, Decretos e outros Sinónimos

Legislação, Decretos e outros Sinónimos

305
0

«Dar aulas, ajudar a aprender, ensinar ou orientar?
Todos poderiam ser sinónimos, todos deveriam ser sinónimos, mas serão, de facto, sinónimos?
Não andará o ministério da educação a matar os sinónimos através de legislação, boa para uns, má para outros, mas ineficaz, pois das resistências não se produzem avanços?
Andarmos de lei em lei, de orientação em orientação por oposição não leva a lado nenhum, e preparar os professores para a mudança é coisa que não abunda e não é da sua responsabilidade.

Mudar por decreto é o pior e 2018 foi paradigmático nesta assumpção, já que obrigou a mudar a visão do ensino sem envolver a maioria dos professores: acredito que uns mudaram porque acreditam, outros mudaram porque fazem o que lhes mandam fazer e outros mudaram sem saber o quê ou como fazer.
Perante este cenário, a mudança decretada gera conflitos, exacerbando ideologias e não promovendo o que se pretende, um caminho orientado e robusto com o contributo de todos.
Destes conflitos nascem oposições dentro da instituição escola, emergem as arenas politicas e manobram as forças à espera da falha comprometedora, em vez de se procurarem as soluções para o que correr menos bem.

Por tudo isto, a escola precisa de todos os professores, pelo que respeitar a sua competência técnica e independência pedagógica deveria ser a linha que não se ultrapassa, permitindo a diversidade de ação e avaliação, escolhendo cada profissional o seu formato, justificando a sua razão de ser. É na pluralidade da ação que gera discussão que se constrói a escola e não na unanimidade de processos como se os alunos e professores fossem todos iguais.

Eu concordo com muito do que foi legislado, mas devemos permitir que haja independência dos professores nas suas escolhas, na certeza de que se encontram mais compromissos, mudanças e até consensos quando somos livres de escolher.»

Texto do professor Pedro Santos

COMPARTILHE

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here