Home Escola Lá Por Fora (Brasil) – Opinião de quem convive com a transição...

Lá Por Fora (Brasil) – Opinião de quem convive com a transição automática.

77
0

Por Jestigaribia.

brazilMoro e sou professor no estado de São Paulo, Brazil, e a educação publica adotou o sistema de ciclos de progressão continuada, com avaliações no final do 1º, 2º e 3º ciclos – 4º ano, 7º ano e 9º ano, respectivamente. O tenho presenciado é que para que este sistema funcione de fato e na plenitude, é preciso que as familias participem da educação das crianças, coisa que não acontece. As escolas mais parecem depósito de crianças e os professores, babás. As familias não valorizam as escolas na medida adequada e as crianças plantam o terror nas escolas. E as novas gerações estão simplesmente muito mais terriveis que as anteriores em termos de disciplina. Devido a estas caracteristicas, penso que a progressão continuada não se encaixa na educação dos jovens brasileiros. Como estão, a cada geração, cada vez mais maliciosos, eles simplesmente não realizam tarefas na sala de aula, nem as tarefas de casa, pois sabem de uma forma ou outra (fazendo as atividades ou não), serão aprovados. E esta cultura, uma vez implantada, se torna com que um direito adquirido. No ensino médio, onde não há progressão continuada, os professores (por inércia) continuam a pratica-la inconscientemente e poucos alunos são reprovados. As notas das avaliações externas nacionais e internacionais mostram que a qualidade do conhecimento dos jovens brasileiros que entram nas universidades é completamente inadequado, fazendo o Brasil um dos ultimos colocados no ranking mundial da educação, temporada após temporada.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here