Home Escola Inspeção-Geral da Educação Vai Investigar Notas No Externato Ribadouro

Inspeção-Geral da Educação Vai Investigar Notas No Externato Ribadouro

1808
4

A Inspeção-Geral de Educação e Ciência (IGEC) vai verificar a regularidade da atribuição de notas no Externato Ribadouro, no Porto, depois de ter sido divulgada esta sexta-feira uma invulgar concentração de classificações de 19 e de 20 valores no final do segundo período na disciplina de Educação Física.

A situação, que se repete em nove turmas do 10º ano daquele colégio, foi divulgada no blogue dedicado a temas de Educação Com Regras, de Alexandre Henriques, professor desta disciplina.

Alertado para o caso, o Ministério da Educação fez saber que a IGEC irá, através de um processo de inquérito, “investigar a situação, bem como identificar os responsáveis por eventuais ilícitos praticados”. A tutela acrescenta que, caso venham a verificar-se atos ilícitos, “agirá intransigentemente”.

OUTRAS INTERVENÇÕES

Já em Novembro do ano passado, um relatório da IGEC abordava a questão das estratégias usadas pelas escolas para inflacionar as notas dos seus alunos. Uma das formas passava por usar componentes que não são avaliadas através de testes ou outros critérios mensuráveis para puxar para cima as notas dos alunos. É o caso dos domínios da oralidade ou atividades laboratoriais que passam a ser sobrevalorizados.

Os inspetores da IGEC chegaram a efetuar uma “operação de verificação” junto de uma dezena de escolas e, segundo o relatório final, essa intervenção teve efeitos positivos, com 80% a melhorarem o valor do indicador de alinhamento das notas internas – atribuídas pelos professores da escola – e as médias nos exames nacionais.

No entanto, no caso da disciplina de Educação Física não existem provas nacionais, que permitam fazer este controlo.

Fonte: Expresso

4 COMMENTS

  1. Ensino Privado – Uma história de sucesso

    EXTERNATO RIBADOURO

    O Externato Ribadouro (cujo nome comercial é Alexandrino Oliveira, Silva & CA, Lda., com o número fiscal 500308560) é actualmente propriedade do casal pinheiro, ou seja, de Manuel de Vasconcelos Pinheiro e Maria da Conceição Amaral Vasconcelos Pinheiro.
    O engenheiro Manuel Pinheiro era até há bem pouco tempo professor efectivo na Escola Secundária Infante D. Henrique sita no Porto, tendo estado destacado e a chefiar o Ensino Mediatizado (Telescola), ocupou o cargo de (nomeação política) DIRECTOR REGIONAL ADJUNTO DE EDUCAÇÃO DO NORTE durante o ultimo governo do PSD 2002-2005). Actualmente é Vereador sem pelouro da Câmara Municipal de Cinfães, dado ter perdido as eleições.
    A Dra. Maria da Conceição Amaral Vasconcelos Pinheiro foi professora de História na Escola E.B. 2,3 Dr. Augusto César Pires de Lima sita no Porto, onde pediu licença sem vencimento de longa duração para ocupar o cargo de Directora Pedagógica do referido Externato Ribadouro.
    Este casal deteve até meados de 2007 a propriedade do Externato Ribadouro em conjunto com o casal portugal (Edison A. Moreira Portugal e Maria Isabel S. Céu Moreira Portugal).
    Estes dois casais desentenderam-se e depois de uma espécie de batalha campal, em meados de 2007 o casal pinheiro fez uma oferta irrecusável ao outro casal pela sua quota de 50% (sensivelmente meio milhão de contos, isto é, cerca de 2,5 milhões de Euros) para se irem embora. DE ONDE VEIO O DINHEIRO ???? SERÁ QUE OS IMPOSTOS FORAM PAGOS ???? SERÁ QUE A INSPECÇÃO DE FINANÇAS (DGCI) anda por aí ??????
    O casal pinheiro entretanto (e dado este ser um “negócio da china”) comprou 50% do Externato Camões sito na Praça da Estação de Rio Tinto e 50 % do Externato da Trofa que era propriedade da Diocese do Porto.
    O Externato Ribadouro é o tal que mete muitos alunos em MEDICINA (até meteu a filha do seu proprietário) e que foi alvo de uma investigação precisamente na altura em que Manuel Pinheiro era Director Regional Adjunto de Educação do Norte.
    Mas não foi só a questão da entrada massiva de alunos em medicina devido ás notas, foi também o Ensino Básico Recorrente e o Ensino Secundário Recorrente que, tendo terminado em 2005 naquele estabelecimento (porque já não era rentável), foram alvo de investigação na altura em que o cavalheiro era DIRECTOR REGIONAL ADJUNTO DE EDUCAÇÃO DO NORTE e apenas por parte da IGE.
    Dá vontade de RIR e é caso para perguntar quem terá sido a INSPECTORA da IGE que verificou da existência de ilicitudes!!!!!! O que viu ?????? ou seria invisual !!!!!….(o processo foi arquivado)
    Este é apenas um EXEMPLO do ENSINO PRIVADO que temos. É apenas um EXEMPLO DE TRÁFICO DE INFLUÊNCIAS. É um bom EXEMPLO DE EMPRESÁRIOS DE SUCESSO.

    https://psicolaranja.blogs.sapo.pt/729121.html

    NO GOOGLE É POSSÍVEL ENCONTRAR COISAS MUITO INTERESSANTES SOBRE O “RIBADOURO”
    .

  2. Não falem daquilo que não sabem ….

    ……porque …..

    O RIBADOURO – É UM CASO DE SUCESSO EMPRESARIAL

    O Externato Ribadouro aquando da suspeita de FRAUDE foi visitado por uma Inspectora da IGE/Porto de nome Madalena. O Resultado desta inspecção sobre suspeitas de fraude no Ensino Recorrente, isto é, sobre as centenas de alunos que, não reunindo as condições legais, transitaram do ensino secundário dito normal para este tipo de Curso (onde não tinham que se submeter à totalidade dos exames nacionais) DEU EM NADA. (i.e., o processo foi arquivado)
    Na altura dessa inspecção era o Eng. Manuel Pinheiro (um dos proprietários do externato)DIRECTOR REGIONAL ADJUNTO DE EDUCAÇÃO DO NORTE.

    Por sua vez, a esposa, Dra. Maria da Conceição Amaral Pinheiro (co-proprietária do Externato) tem excelentes relações com gente da IGE/Porto, vá-se lá saber porquê e como ….

    Portanto …. somando dois mais dois podemos dizer que o resultado é FRAUDE mais TRAFICO DE INFLUENCIAS e …. quem sabe, talvez, FUGA MASSIVA AO FISCO …..

    e por aqui me fico ….

    _____________________________________

    EXTERNATO AMANDA-TE AO DOURO – UM CASO DE INSUCESSO EMPRESARIAL

    SEGUNDO EPISÓDIO – O das noticias no Jornal o Público e da inspecção no externato

    Como ultrapassar rapidamente as ilegalidades? (EIS A QUESTÃO)

    Conceição (proprietária e directora pedagógica) teve uma ideia brilhante.

    Contratou no final do ano 2001/2002 uma pseudo-psicóloga (de nome Adriana – professora reformada com especialização em orientação) para elaborar quilos de relatórios como justificação para cada um dos alunos que passou do ensino normal para o Recorrente e que não tinham idade para isso.

    A Adriana começou então a trabalhar afincadamente para o externato por volta de Março de 2002 com o objectivo de elaborar quilos/resmas de relatórios de alunos que se encontravam ilegalmente matriculados no Ensino Secundário Recorrente. Estes relatórios apensos aos processos individuais dos alunos justificavam com motivos do foro psicológico a transição dos mesmos para o ensino recorrente.

    Brilhante Ideia ….. (cabecinha pensadora)

    O marido e co-proprietário era à data Director Regional Adjunto de Educação do Norte ….

    Portanto, só faltava mesmo um jeitinho da inspecção … talvez óculos escuros, de preferência fumados …..

    resultado final – processo arquivado

    Ver aqui:

    https://educar.wordpress.com/2008/06/20/deu-muitos-nas-vistas-2/

  3. O que irá dar agora? – um grande PUF!

    NOTA: até porque agora a IGE anda ocupada com a EVANGELIZAÇÃO das escolas na senda do sucesso: muito trabalho colaborativo, muita articulação horizontal/ vertical/transversal, muitos projectos/festa e festivais, muitos papéis como evidências… (Aulas é o menos importa – a não ser se for para as sexualidades/ prevenções da violência doméstica e dos acidentes rodoviários/ cidadanias e questões europeias, simulacros de parlamentos e teatralização sobre géneros e coisas afins…
    Ora a escola em causa é uma escola de sucesso e a evidência são as pautas …?
    A escola pública só tem que fazer o mesmo: ficam todos contentes – ME e seus acólitos, alunos, pais, directores e certamente muitos professores que parecem aderir a toda a banha da cobra…
    Ao que se presta um serviço inspectivo! Talvez na senda do que se prestaram em Junho/Julho do ano passado para pressionarem o cumprimento de ordens superiores ilegais e colocar um fim a uma greve legal!!

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here