Home Escola Hoje haverá reunião com o Ministro e será abordado o tema da...

Hoje haverá reunião com o Ministro e será abordado o tema da Ordem de Professores

369
4

O tema da Ordem de Professores estará hoje em cima da mesa numa reunião entre a Federação Portuguesa dos Professores e o Ministro da Educação. Apesar de ser apologista da ideia, ou algo semelhante, e até já tentei fazer algo para alavancar o processo, a realidade é que existem muitos anti-corpos, entre eles os próprios professores.

Ex: com tantos grupos, como seria constituída a própria Ordem?

A questão da entrada para a Ordem e a propina a pagar são outros dos problemas apontados à criação da Ordem. Mas na minha opinião seria facilmente ultrapassada com a adesão automática de todos os professores de quadro e um contributo meramente simbólico, 0,50 € por exemplo.

Uma Ordem de Professores, ou um Conselho Superior de Educação seria uma grande mais valia para a nossa classe, disso não tenho dúvidas.

Ficam as reivindicações da Pró-Ordem para a reunião que se realiza hoje com o Ministro da Educação.

4 COMMENTS

  1. Muito haveria a dizer sobre a “Ordem”, mas por agora fico-me por esta: enquanto a causa estiver entregue a pessoas com a credibilidade deste senhor “do Paulo” essa será a melhor garantia de que não se irá concretizar.

    No fundo, nem ele acredita ou quer isso, pois o que iria fazer uma pró-ordem no dia em que a ordem passasse a existir?…

  2. Senhor António Duarte, O meu amigo Filipe do Paulo não me pediu que o defendesse nem me passou qualquer procuração para isso, mas, caramba, poderia, por certo, lavrar a sua crítica, salvaguardando as pessoas e os seus traços de personalidade, não levantando, por exemplo, pressupostos insidiosos e malévolos. Com efeito, que mal tem que o Filipe se chame “do Paulo” e o senhor, se chame “Duarte? Sinceramente, não percebo… Fique bem. E em paz. Saudações cordiais. Manuel Fonseca Fontão

    • Longe de mim desmerecer tão ilustre e coerente defensor da classe, até porque quem o quiser conhecer melhor, e aos seus feitos, encontra abundante material na internet, em especial no muito que se escreveu em alguns blogues de professores nos tempos de MLRodrigues.

      Atrevo-me até a propor aos seus defensores e amigos que avancem desde já com a candidatura do senhor do Paulo a bastonário.

  3. O sonho que vem desde o tempo de David Justino, e se adensou na Hora de MLR: criar uma ordem que esvaziasse o poder dos sindicatos e ”quebrasse a espinha aos professores”.
    A bem ou a mal para alguns a memória ainda não se apagou e bem sabemos o que certas personagens fizeram no tempo de MLR…
    É certo que os sindicatos não estão isentos de críticas falharão muito, bem sei que muitos colegas não se sentem representados… Mas não se iludam… o sonho de umas quantas cabeças pensantes, ligadas ao Ministério e a algumas Universidades, é destroçar os sindicatos para que possam fazer o que sempre sonharam : proletarização absoluta dos professores, resumidos a meros burocratas que executam os ditames da 5 de outubro e, pior, com a municipalização, dos senhores presidentes da câmara. A reforma em curso, nomeadamente a denominada flexibilização curricular, a nova legislação, vai trazer para cima do tabuleiro uma série de condições que estarão ao serviço de um desígnio de uns quantos interesses que são fáceis de conhecer… embora se escondam atrás de uma suposta ânsia de modernidade, e repitam os chavões da escola obsoleta…
    Não falta gente a servir tais propósitos com uma descarada máscara de neutralidade…
    No próximo ano haverá novas e longas páginas neste enredo… Pelas acções, e omissões, os conhecereis…

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here