Home Rubricas Hoje fui a Yale.

Hoje fui a Yale.

118
2

aula-virtualImagine que chega a casa, depois de um dia de trabalho e faz a habitual pergunta ao seu filho: “O que fizeste hoje na escola?” Ele responde “Hoje estivemos a assistir a uma aula da Universidade de Yale.”

– Desculpa? Yale?

– Sim, tivemos a assistir a um curso de Psicologia, dado pelo Professor Paul Bloom. Mas hoje foi só uma introdução, nada de mais. Vamos assistir a vários temas. Acho que vou gostar muito daquele que fala sobre Felicidade. Sabias que há um curso sobre isso?

Terá compreendido bem? Com o acesso ao iTunesU, os alunos poderão assistir a aulas de diversas escolas do mundo, desde escolas primárias às Universidades mais prestigiadas como Yale, Cambridge, Oxford.

Da Universidade de Yale, só para dar um exemplo, foram escolhidos sete cursos para fazerem parte da Yale University Open Education Resources Video Lecture, que significa a disponibilidade de livre acesso através da internet e de forma gratuita de diversos cursos dos mais diversos temas, como Engenharia, Ciência, Literatura, Psicologia, etc.

O que esta realidade permite é colocar o tecnológico ao serviço da pedagogia. Há recursos que podem ser incorporados na educação com claros benefícios para os alunos. Podem ver células vivas em 3D, observar galáxias como se vê através de um telescópio, aceder a exposições de arte ou de ciência presentes num qualqer museu longínquo… Se hoje foram a Yale, amanhã podem ir visitar o  Museu do Louvre.

Para além do evidente benefício de aceder a informação atualizada em tempo real, este recurso abre a perspetiva do que pode ser o ensino nos dias de hoje. Seria impensável, há muito pouco tempo atrás, aceder a conteúdos reais presentes em França, Índia, EUA, Japão, China, a partir da sala de aula ou da sala de estar, com o custo de uma ligação à internet.

Aproveitar as diversas potencialidades das novas tecnologias no ensino, com conteúdos disponíveis a todos, acessíveis em qualquer parte do mundo, é mais do que uma possibilidade.

À medida que a nova cultura de acesso a conteúdos vai sendo incorporada, há procedimentos e rotinas que vão ter de mudar. Vão surgir dúvidas, desafios, questões, aos quais teremos – todos – de dar resposta. Vão surgir novas formas das escolas comunicarem entre si, estejam elas no bairro ao lado ou do outro lado do mundo.

Pode ser uma realidade assustadora – de tão nova e tão provocadora dos que pensávamos que conhecíamos – mas qualquer pai/mãe ou qualquer diretor escolar tem a obrigação de ir ver o que se passa, se não quiser negar aos seus educando uma realidade presente já nos dias de hoje.

Sofia Homem Cristo

Diretora do Colégio da Beloura

colégio da beloura

2 COMMENTS

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here