Home Rubricas Hoje Fartei-me De Uma Turma

Hoje Fartei-me De Uma Turma

7628
2

«Hoje fartei-me de uma turma. É que professora também se farta. De quê? Mandar calar, ouvir impropérios, disparates, barulho; ei, professora, é só para avisar que não trouxe o caderno de atividades (já é para aí a trigésima vez); olhe, eu não trouxe o livro nem o caderno. Era preciso? O que demos na última aula? Sei lá, responde o aluno, já nem me lembro onde fui ontem. Professora, posso mascar pastilha? É que o João está a mascar e a professora ainda não disse nada. Mal tinha pousado a pasta. Qual é o sumário? Pergunta um garoto, que não percebeu que ainda estamos todos de pé e o sistema ainda não está aberto. Então, quando entrega os testes? É que foram feitos na semana passada e o meu ” cota” não para de me “chatear”. A professora não teve tempo no fim-de-semana? Grande balbúrdia! Não se calavam. Ou era o Benfica, ou outra qualquer equipa ou não sabiam sequer o lugar onde se sentavam habitualmente. Isto de eles pensarem!? que passam, seja qual for a nota!? é uma fraude. Era para ser uma aula de revisões. Ainda consegui resolver algumas dúvidas, mas, repentinamente, fiquei afónica. Acabou a aula naquele momento. Que fazer a quem não quer aprender? Que diria o Pe. António Vieira? Eu não sei, mas, naquele momento entendi que esta geração terá muitos problemas e um deles será retornar à educação, já que chegam à escola sem ela e não respeitam ninguém. Desiludida? Não. Há muito que não estou, mas talvez um pouco preocupada com o rumo que tudo isto tomou. Quem sabe, um dia, eu possa sentir, de novo ilusões? Estes alunos andam no sétimo ano de escolaridade. Quais estratégias? Não sei, mas falta algo nesta sociedade e está a começar a ser grave. A dor de garganta? Fiquei com ela. Ainda não passou. Talvez amanhã consiga falar.»

Texto da colega Maria Carvalho Ruas

2 COMMENTS

  1. E vão dois… mandei dois alunos para a rua, recusaram—se a sair com desculpas grotestas e a rir… avisei que se o estado geral de indisciplina continuasse, a aula terminava. E terminou mesmo, mandei todos para a rua, fui a direçao avisar do sucedido, e pedir escusa para a OPA que se seguia… preciso sossego!!!

    • Subscrevo tudo o que o colega aqui desabafa. Numa das minhas turmas do 8.º ano acontece algo parecido a este caso, dou aulas com explicações/estratégias de ensino a nível do 1.º Ciclo e nem assim conseguem aprender. Já consigo ter a turma em silêncio absoluto mas só dura 5 a 10 minutos pois basta um falar para o barulho e confusão voltarem mesmo que eu os elogie por conseguirem estarem em silêncio condição fundamental para se concentrarem e aprenderem. Na aula seguinte já não sabem nada do que ouviram.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here