Home Sociedade Hoje Dou-te Uma Rosa, Amanhã Dou-te Uma Chapada! Amo-te!

Hoje Dou-te Uma Rosa, Amanhã Dou-te Uma Chapada! Amo-te!

232
0

Não deixa de ser contraditório os dados oficiais de violência nas escolas e consequente discurso do Ministério da Educação, apontando para uma redução gradual do fenómeno, ao mesmo tempo que estudos referem que 60% dos jovens são vítimas de violência no namoro.

Conhecendo como conhecemos os números trágicos de violência doméstica, o Governo faz bem em apresentar projetos e alertar para esta realidade. O que não compreendo é como é que um discurso tão enérgico, agregando inclusive vários projetos, ignora outros atos de violência que também acontecem nas escolas, como a violência entre alunos e a violência contra professores e funcionários. Não julguem que um rapaz ou rapariga que agride o seu “amado” não agrediu antes o colega de carteira ou o professor de matemática…

Que eu saiba não existe uma violência aceitável e outra menos aceitável, mas os factos provam que nem toda a violência é vista da mesma maneira por quem manda.

Somos um país de brandos costumes, mas estamos longe de ser um exemplo a nível mundial. E que o digam as vítimas que hoje recebem rosas e amanhã levam chapadas…

Ficam algumas notícias sobre o lado negro do amor.

Agressões psicológicas são os atos de violência mais frequentes no namoro

Namoro: 60% dos jovens já sofreram pelo menos um acto de violência

Namorar não é ser dono. Governo lança campanha contra violência no namoro

Abertas inscrições para voluntários da ação «Namorar com Fair Play»

Estudantes preocupados com desigualdade de género promovem conferência em Lisboa

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here