Home Rubricas Hoje A Escola Não É Mais A Minha Segunda Casa

Hoje A Escola Não É Mais A Minha Segunda Casa

1034
0

«Não sou contra mudanças, sou contra mudar por interesses que em nada dizem respeito a melhor educação, melhor escola, melhor professor e melhor aluno. O corpo docente da maioria das escolas públicas hoje é terrivelmente infeliz pois não sentem a escola como sua, como o seu prolongamento. A escola é tão só o seu local de trabalho. Eu sempre senti a escola como a minha casa, ou uma extensão dela. Daí a entrega que acontecia sem olhar a horários ou reclamar horas extraordinárias. Tenho trinta e dois anos de serviço, amo ensinar, escolhi ser o que sou de coração, dei-me profundamente à escola, em particular aos meus alunos, esses serão um dia os meus testemunhos vivos. Hoje a escola não é mais a minha segunda casa, os alunos não são de todo a prioridade das escolas, muito menos os docentes ou não docentes. As prioridades das escolas/empresas são os gráficos bonitos, as estatísticas que entram pelos olhos dentro, o sucesso estonteante mas completamente falso de toda a panóplia de organogramas, relatórios, grelhas, planos, supervisões/ Intervisões, desempenhos fictícios, homogeneidades relativas, e tantas outras anomalias que apenas impedem que se consiga ser Professor, na sua verdadeira essência, no seu real sentido e significado. A gestão de uma escola não se subdivide em afectação de recursos e gestão de pedagogias seja com que objectivo ou público. A gestão de uma escola é muito mais que tudo isso e para lá disso. A escola não pode ser lida e sentida tão simplesmente como uma organização, é só verificar ‘in loco’, como todos os que são professores têm experienciado na primeira pessoa.»

Texto da colega Rosi Meireles Cunha

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here