Home Rubricas Haver só bons profissionais e não políticos, CGD, mas não só

Haver só bons profissionais e não políticos, CGD, mas não só

172
0

cgdO filme da CGD, tal como muitos outros, vai “andando” em episódios explorados até ao limite dos limites, pela Oposição ao actual legítimo Governo e pela “maioria” da nossa comunicação social.

Em todos e cada um, não há qualquer interesse em ver esta situação bem resolvida.

A Oposição quer “deitar abaixo todo o custo” o actual Governo com maioria no Parlamento, pelo que não lhe interessa de facto, que o problema CGD se resolva, desde que o Governo fique mal visto, o resto como dizia o ex-futuro-PM, que “se lixe”. E parece, que não era bem o queria na ocasião dizer, se não hoje não estava tão incomodado por não ser Governo.

A comunicação social quer “encher espaço e ter espaço preenchido”, e continuando e cada vez mais, igual, e maioritariamente a não ter agenda própria “explora” toda idêntica o que está a dar.

A CGD, deve ficar sempre como banco do Estado, mas a banca por razões que aqui não veem ao caso, está toda menos bem vista pelo comum dos mortais, tal como os “Portugueses apontam corrupção como um dos maiores problemas do país”, em título de primeira página do Público 16.11.2016.

Augusto Küttner de Magalhães

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here