Início Escola Há Sempre Dinheiro… Só Que Não É Para Todos…

Há Sempre Dinheiro… Só Que Não É Para Todos…

2805
1

Com tantas carências a olhos vistos, nada melhor que comprar uns carrinhos para a malta combater o insucesso escolar… Isto está ao nível dos candeeiros do Siza Vieira na “festa” da Parque Escolar.

Recomendo a leitura do artigo do António Duarte no seu excelente blogue, Escola Portuguesa.

O Paradigma do Sucesso

(…)

Tudo isto é de uma despudorada desfaçatez. Constituíram-se agrupamentos e mega-agrupamentos com escolas distantes, nalguns casos, mais de uma dezena de quilómetros, em zonas do país onde praticamente não existem transportes públicos. Fizeram-se horários para professores itinerantes, que diariamente trabalham em duas ou mais escolas do mesmo agrupamento. Mas nunca se equacionou a necessidade de providenciar meios para a deslocação em serviço destes profissionais. E os professores, reconheça-se, também raramente os reclamaram: quase toda a gente se dispõe a usar o transporte próprio para deslocações que competiria à entidade patronal assegurar.

Claro que, quando se entregam às câmaras e às CIM competências no sector da Educação, a conversa é outra: logo tratam de assegurar, em primeiro lugar, que o seu pessoal não fique apeado. E isto também deve ser, para os professores, uma lição…

(…)

Ler mais

1 COMENTÁRIO

  1. Tal como escrevi no blogue do António e no Facebook do ComRegras:

    Com o PS (e não só) a FESTA NUNCA ACABA!!!

    Já que por cá a Administração, objectivamente, não é fiscalizável e muito menos punida por incumprimentos de Lei e por Má gestão de recursos públicos :
    – fazer denúncia para diversos jornais … e, ver se algum pega no assunto, investiga e publica…
    – fazer denúncia para a comissão europeia por má gestão dos recursos financeiros que são alocados…

    Em qualquer dos casos sobram, e é bom não esquecer, 15% que são pagos directamente pelos contribuintes – no caso em apreço (entre quantos milhares por esse país fora e sem qualquer controle??? Ah, pois é) os tais 15% representam 249 352,66€:

    A) na “minha” escola secundária pagaria as exigências MÍNIMAS de um mínimo de condições de trabalho e de aprendizagem (https://www.facebook.com/SindicatodeTodososProfessores/photos/a.1937013736613439/2414030788911729/?type=3&notif_id=1577649327377862&notif_t=notify_me_page

    B) Parece pouco, não é? Agora juntem-lhe os muitos projectos que por aí, por este país fora, proliferarão e rapidamente chegaremos aos milhões habituais…
    Isto num país que diz e reitera não ter dinheiro e ser necessário avaliar prioridades… Pois…

    Uma frotinha de popós, uns contratozinhos com empresas de mindfulness e coaching educativo e outros tantos com empresazinhas privadas que precisam ser alimentadas com dinheiro público para coisas banais, quantas vezes inúteis mas sempre com designações altamente pomposas…

    Este país enjoa… denúncias cá dentro são ineficazes… se mete dinheiro europeu então mais vale fazer chegar a denúncia à comissão europeia… até porque, para eles, já não será novidade…

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here