Home Notícias Há 477 surtos em escolas, mas férias de Natal não deverão ser...

Há 477 surtos em escolas, mas férias de Natal não deverão ser antecipadas

1018
1

Mas não alteram nada! Nas escolas os alunos não cumprem o distanciamento social, ponto!

Dizer-se que “não nos parece que as escolas sejam foco de grande intensidade destes surtos” é um insulto à inteligência mais elementar. O Infarmed referiu que o aumento de contágios entre os jovens superou os idosos, mas não, o espaço onde os jovens passam grande parte do dia não potencia o contágio.

Como querem manter as escolas abertas, custe o que custar, mentem, descaradamente, mentem! É tão simples quanto isso.

Fica a notícia.


Há 477 surtos ativos em escolas portuguesas, dispersos pelas diferentes regiões do país, revelou António Lacerda Sales, secretário de Estado Adjunto e da Saúde, na conferência de imprensa desta sexta-feira. Estes surtos, segundo o Governo, vão desde escolas a estabelecimentos de ensino superior, do setor público e privado. O Norte tem 58 surtos, o Centro 72, Lisboa e Vale do Tejo 291, o Alentejo 29 e o Algarve 27, mas o Governo não prevê uma antecipação das férias de Natal.

“Como tem sido dito, não nos parece que as escolas sejam foco de grande intensidade destes surtos, até porque as autoridades de saúde fazem muito bem o seu trabalho de segregação daquilo que são os casos positivos entre os contactos de alto risco e os contactos de baixo risco, sendo que obviamente uma turma, uma zona da escola ou até a escola só fechará se a autoridade de saúde o entender de acordo com esta estratificação do risco. Portanto parece-me que a questão das escolas está a correr bem”, explicou António Lacerda Sales.

Fonte: TSF

1 COMMENT

  1. Não percebo como é que os profs acreditaram na comunicação social quando disse que as férias seriam antecipadas!!!

    O governo não fecha escolas, nem que fique só um aluno.
    O governo não está para pagar aos paizinhos.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here