Home Notícias Há 12 Mil Professores Com Doenças De Risco Que Podem Ter De...

Há 12 Mil Professores Com Doenças De Risco Que Podem Ter De Faltar Às Aulas No Próximo Ano Letivo

1449
1

São cerca de 12 mil os professores que em Portugal tem doenças que são consideradas de risco e que poderão ter de ser afastados no próximo ano letivo por causa do novo coronavírus, noticia a edição desta sexta-feira do Correio da Manhã. As contas foram feitas pela Fenprof, que estima que a situação venha a afetar todos os agrupamentos escolares e escolas não agrupadas do país.

Mário Nogueira adiantou ao Correio de Manhã que existem já “mais de sete mil” docentes “que estão em mobilidade devido a doenças incapacitantes, segundo números do Ministério da Educação, e outros que já estão em escolas perto das residências”. Segundo o secretário-geral da Fenprof, em causa estão doenças oncológicas, cardiovasculares, entre outras consideradas de risco.

“O que vamos ouvindo é que estes professores terão de meter baixa médica para não correrem riscos”, afirmou o dirigente sindical. “Mas levarão um corte nos rendimentos, o que fará com que muitos prefiram arriscar dar aulas.” Quando as aulas presenciais foram retomadas no final deste ano letivo, os professores que pertencem a grupos de risco tiveram falta justificada.

Para resolver o problema, a Fenprof propõe que os 12 mil professores sejam substituídos pelos que “estão a trabalhar nas escolas nas atividades de enriquecimento curricular”.

Fonte: Observador

1 COMMENT

  1. 1 ou 2 irao meter atestado …poucos vao perder 45% do salario sabendo que de um momento para o outro a escola fica em teletrabalho

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here