Início Escola Fundo Judicial Docente Para Levar O ME Ao Tribunal Europeu

Fundo Judicial Docente Para Levar O ME Ao Tribunal Europeu

922
6

Partilho…


Como é público o S.TO.P. é um sindicato não sectário logo não temos problemas em juntar forças com iniciativas justas que partem de colegas que não são dirigentes ou mesmo sócios do nosso sindicato. Isso foi evidente durante este nosso primeiro ano de vida quando por exemplo juntámos forças à Iniciativa Legislativa de Cidadãos (ILC) ou aos protestos dos colegas lesados da segurança social. Coerentemente com isso não temos qualquer problema em juntar forças a um conjunto de colegas que criaram uma conta judicial para recolher contributos para custear as batalhas jurídicas requeridas para levar o ME/Estado português ao Tribunal Europeu por irregularidades/injustiças cometidas contra a classe docente.

No entanto nós não queremos só travar estas batalhas em defesa de justiça e respeito para toda a nossa classe docente, queremos aumentar ao máximo a probabilidade de ganhar ao ME e isso só é possível contratando dos mais conceituados Escritórios de advogados do país na área laboral (Garcia Pereira & Associados). O orçamento que nos foi dado é que precisamos de cerca de 8 000 euros para levar o ME ao Tribunal Europeu (que só é viável após cumpridas as instâncias nacionais). Mas isso só será possível se todos que concordarem com esta iniciativa contribuírem: JUNTOS SEREMOS + FORTES!

NIB: O193 OOOO 1O5O 5239 9791 5

Colegas, PARTILHEM este post.

Mais informações relevantes sobre as causas da atual situação da nossa classe docente:https://www.facebook.com/1915990048715808/posts/2245963329051810/

Fonte: S.TO.P

COMPARTILHE

6 COMENTÁRIOS

      • Seria bom que começasses a pensar por ti e não te limites às referências e à transferência bancária.
        Aproveita e pede a um aluno do secundário ,com a disciplina de opção Direito, que te explique qual a jurisdição internacional do Tribunal Europeu dos Direitos do Homem.

        • Pela resposta talvez tenha licenciatura em direito… não imaginará, então, a quantidade de ignorantes que existem nesta matéria! Conheço vários, alguns exercem…

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here