Home Notícias FENPROF faz pré-aviso de greve à componente não letiva

FENPROF faz pré-aviso de greve à componente não letiva

1736
6

Existe um claro abuso do trabalho não letivo dos professores. Alguns/muitos diretores têm a tendência para confundir a essência do trabalho não letivo, ou seja, trabalho em que supostamente os professores não devem  estar em contacto direto com os alunos. Sempre que um professor está com um aluno, está a transmitir, explicar, ensinar, está a ser professor e não pode deixar de fazer aquilo que o seu instinto lhe diz.

Mas isso rouba tempo ao professor,  a componente não letiva serve para o professor preparar as suas aulas e para lidar com a burocracia escolar.

A FENPROF faz muito bem em “ameaçar” com esta greve, uma greve que deve ser por tempo indeterminado. O Ministério de Educação tem de ser pressionado para por o ponto nos ii nesta matéria.

Fenprof convoca greve parcial a partir de 2 de novembro se não tiver respostas

(TSF)

6 COMMENTS

  1. A Fenprof deveria especificar se a greve engloba as reuniões de caráter ordinário(regular), que por terem periodicidade mensal não estão discriminadas no ‘ Horário Semanal’ do Docente, mas não deixam de ser COMPONENTE NÃO LETIVA de ESTABELECIMENTO.
    Acontece que, neste caso, embora os professores não estejam com alunos, o tempo de reunião (Departamento, Coordenações, Conselho Pedagógico…) não está incluído nas atividades previstas no tempo semanal de componente não letiva de estabelecimento, acabando por ser sempre tempo ‘extraordinário’ que o ME, se questionado, atribue ERRADAMENTE à COMPONENTE NÃO LETIVA INDIVIDUAL.

    • decorrente no disposto no ECD, essas reuniões são componente não letiva no estabelecimento; por isso, na semana em que ocorrem, o/a prof./a não executa as outras horas não letivas marcadas no horário como trabalho no estabelecimento, ou seja, as horas de reuniões descontam nas horas marcadas no horário porque já foram cumpridas nessa semana.

  2. Isto é mero fogo de artifício para tentar ofuscar a complacência da Fenprof.
    Só há duas causas que podem unir os professores:
    – O descongelamento da carreira
    – As condições de aposentação
    Todo o resto serve apenas para o Nogueira fazer prova de vida.

  3. A ir para a frente, é melhor que expliquem melhor e se apercebam das artimanhas das leis. Os professores têm esta mania da legalidade……

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here